Suplementos musculares: descubra se o uso é indicado para você

Atletas e frequentadores de academias, com certa frequência, recorrem à ajuda de suplementos musculares

Consumo de suplemento muscular repõe energias ao organismo após a malhação. Foto: Divulgação
Consumo de suplemento muscular repõe energias ao organismo após a malhação. Foto: Divulgação

Os músculos não são moldados apenas por meio de exercícios de malhação. Atletas e frequentadores de academias, com certa frequência, recorrem à ajuda de suplementos musculares para repor as proteínas, aminoácidos e carboidratos que o corpo necessita.

Proteínas são destaque em suplementos musculares

Quando se realiza uma atividade física intensa, os músculos são danificados e, para que se recuperem e aumentem de tamanho, precisam de uma grande quantidade de proteínas. Essas proteínas podem ser obtidas através da suplementação muscular.

Para aquelas pessoas que desejam ter um resultado positivo e aumentar a massa muscular deve incluir em sua dieta os suplementos musculares. Geralmente, eles são compostos de minerais, aminoácidos e vitaminas que faltam ao organismo, utilizados por indivíduos que têm carência de nutrientes ou para quem pratica esportes intensos.

Conheça alguns tipos de suplementos musculares

BCAA

O BCAA é um dos suplementos musculares mais conhecidos no mercado. Ele é composto por três aminoácidos que não são produzidos pelo organismo: L-Valina, L-Leucina e L-Isoleucina.

O BCAA tem a função de ajudar o corpo a recuperar as lesões que são causadas aos músculos durante o treino. Ele constrói os músculos e ajuda a ganhar massa muscular.

Além disso, este suplemento muscular contribui com uma quantia de insulina no organismo, ajudando os músculos a absorver os aminoácidos. O consumo deste suplemento deve ser feito antes e depois dos treinos. Educadores físicos indicam a quantidade de 4 a 8 gramas.

L-Carnitina

A L-Carnitina é um suplemento muscular que ajuda o corpo a produzir mais energia e colabora com a perda de peso, aumenta as defesas imunológicas do organismo, além de baixar os níveis de colesterol e triglicerídeos.

A L-Carnitina é uma substância natural, fabricada pelo próprio corpo, mas também pode ser encontrada na proteína animal. Este suplemento alimentar é bastante utilizado pelos vegetarianos por não comerem carne animal.

De acordo com especialistas, para perder peso e aumentar a imunidade, a dose ideal é de 500 mg a 2 gramas por dia, em jejum. Lembrando que este suplemento não deve ser tomado antes de dormir, pois os níveis de energia podem provocar insônia.

Receita caseira

Contar com uma boa fonte de proteínas é essencial para se ter um bom resultado e ganhar massa muscular. Se você não gosta de produtos industrializados, uma boa opção são os suplementos musculares caseiros.

Para isto você irá precisar dos seguintes ingredientes: duas bananas, 400ml de leite integral, 100 gramas de farinha de aveia, duas colheres de Albumina Salto’s, 40 gramas de Maltodextrina e 1 Medida(Scoop) de 100% Whey Protein Optimum (o sabor pode ficar a seu critério). Bata todos os ingredientes no liquidificador e tome.

Atenção ao consumo de suplementos musculares

É claro que tudo aquilo que for consumido em exagero pode acabar fazendo mal para o corpo. Não é diferente com os suplementos musculares. Mesmo consumindo na quantidade certa, existem alguns efeitos colaterais que devem ser observados com cautela.

Entre eles, é possível citar ansiedade, alterações da pressão arterial, aumento da frequência cardíaca, tremores, nervosismo, desânimo e sonolência com a falta do suplemento, problemas renais, entre outros.

Fonte: Terra

Compartilhar: