Surpresa – Túlio Lemos

Para quem dizia que o crescimento de Marina Silva era fruto somente da comoção pela morte trágica de Eduardo Campos,…

Para quem dizia que o crescimento de Marina Silva era fruto somente da comoção pela morte trágica de Eduardo Campos, a pesquisa Ibope revelou que o fenômeno Marina é tão inexplicável quanto seu crescimento, que superou Aécio Neves e aparece derrotando Dilma em eventual segundo turno. Já há quem ache que a magrela dos seringais pode ganhar em primeiro turno.

MIGRAÇÃO

Outro questionamento a respeito da situação de Marina é o fato da candidata do PSD ter retirado votos de praticamente todos os concorrentes; em especial, Dilma Rousseff, Aécio Neves e até o pastor Everaldo. Ela realmente encarnou a ‘mudança’ que o eleitor não vê nos demais candidatos.

MUDANÇA

A mudança de cenário foi tão violenta que o povo de Aécio não sabe o que fazer e o povo de Dilma já comemora o fato da presidente, que ganharia em primeiro turno, disputar com Marina na segunda etapa. Ninguém sabe realmente o que ela pensa e nem se terá capacidade para governar um País, mas já fez um estrago gigantesco nos grupos tradicionais.

MESÁRIOS

A reunião promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral com os presidentes de mesas que vão trabalhar na eleição, deixou algumas dúvidas e questionamentos. Foi entregue um manual, mas o material não apresenta nada sobre biometria, a novidade do pleito.

LIBERAÇÃO

Chamou a atenção dos presidentes de mesa o fato de que o eleitor poderá tentar até 8 vezes para poder liberar a urna eletrônica para votação. Mesmo assim, caso não consiga, o mesário está autorizado a usar sua própria digital para liberar a urna para o eleitor. Estranho. Se foi feito o cadastramento biométrico, não há porque o eleitor, recusado pela não reconhecimento da digital, votar.

SERVIDORES

Cerca de 4 mil servidores da Prefeitura de Natal estão revoltados com o engavetamento de processos de qüinqüênios. Os processos estão parados em um setor chamado Senap, da Segelm e isso tem provocado prejuízo aos servidores e revolta generalizada. Será que o prefeito Carlos Eduardo sabe que estão fazendo isso com os servidores?

ASSESSORIA

Uma assessoria política competente e eficiente, ajuda bastante um candidato majoritário. O inverso também acontece. No caso de Robinson Faria, sua incompetente assessoria tem provocado a ira de lideranças do interior, que sequer conseguem falar com o candidato para anunciar o apoio. Criam dificuldades que terminam jogando as lideranças no colo de Henrique.

ASSESSORIA II

Na verdade, o trabalho da assessoria é justamente atrair possíveis apoiadores e fazer o ‘meio de campo’ com o candidato. O povo de Robinson está fazendo o inverso. Parece até coisa deliberada. Não há atração. Quem tenta se aproximar, é repelido até o ponto da revolta e do rompimento. Para um candidato que já não está tão bem das pernas em matéria de apoio, é fatal o que sua assessoria está fazendo com as lideranças do interior. Será que é só incompetência?

PROGRAMAS

Do jornalista Jânio Vidal, em seu Twitter: “As frases mais fortes dessa campanha já foram lidas, no passado, por vitoriosos e derrotados que apenas lêem os textos de seus marqueteiros. O guia eleitoral está exaurido como eficácia persuasiva, todos os candidatos lêem textos assemelhados, as estratégias se anulam, um vexame”. Avaliação perfeita.

SEGURANÇA

“Quero ser a senadora da segurança”. Frase dita por Wilma de Faria no Bom Pastor. Detalhe é que números divulgados recentemente, mostram que foi justamente durante suas gestões como governadora, que a violência cresceu assustadoramente no RN. É melhor Wilma escolher outro tema para abordar.

MÁQUINA

O advogado e professor Erick Pereira concedeu entrevista ontem ao Jornal Verdade, da REDE TVRN. O filho de Emmanuel afirmou que os vereadores que estão em campanha sem trabalhar, podem responder por Improbidade Administrativa. Acrescentou que o fato de haver farto material de propaganda eleitoral nos gabinetes, poderá resultar em flagrante da Justiça Eleitoral e até cassação de registro.

=MÁQUINA II

Depois da entrevista de Erick, vários vereadores mandaram retirar o material que havia nos gabinetes. Sherloquinho afirma que a correria foi grande e os assessores carregaram várias caixas de santinhos, panfletos e outros apetrechos eleitorais.

Compartilhar:
    Publicidade