Suspeitos de vender heroína a Philip Seymour Hoffman são detidos em Nova York

Os quatro suspeitos, três homens e uma mulher, estão sendo interrogados nas dependências da polícia

Ator Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto e com drogas ao seu lado. Foto:Divulgação
Ator Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto e com drogas ao seu lado. Foto:Divulgação

A polícia de Nova York prendeu ontem quatro pessoas suspeitas de terem vendido a heroína que causou a morte do ator Philip Seymour Hoffman no último fim de semana, informaram fontes policiais citadas nesta quarta-feira pela imprensa americana.

Os agentes encontraram 350 papelotes da droga em três apartamentos de um edifício de Manhattan, o número 302 da rua Mott, onde ocorreram as prisões, segundo as fontes.

Os quatro suspeitos, três homens e uma mulher, estão sendo interrogados nas dependências da polícia.

As prisões estão relacionadas com a investigação da morte de Hoffman no último fim de semana por overdose de heroína em seu apartamento do West Village, a apenas 1,5 quilômetros do edifício onde a polícia prendeu os quatro suspeitos de terem vendido a droga para o ator.

Junto do corpo de Hoffman foram encontrados 50 papelotes de heroína marcados com o símbolo do ‘Ás de espadas’, utilizado pelos produtores para indicar a origem da droga.

Segundo fontes policiais citadas pelo jornal ‘New York Times’, o símbolo não coincide com as doses de heroína encontradas nos apartamentos dos supostos traficantes.

Pouco antes das prisões, a polícia descartou que a heroína que causou a morte do ator estivesse adulterada com a substância Fentanyl, um anestésico derivado do ópio.

A combinação dessas duas substâncias é letal e provocou a morte de pelo menos 22 pessoas na região ocidental da Pensilvânia no final de janeiro.

Apesar de as autoridades terem confirmado que a autópsia do ator foi concluída na última segunda-feira, ainda não foi divulgado o relatório oficial sobre a causa de sua morte.

As autoridades trabalham com a hipótese de overdose de heroína, pois o ator era um viciado confesso desta substância e foram encontradas 50 doses, além de seringas, em seu apartamento.

A família de Hoffman prepara seu funeral, que deve acontecer na sexta-feira em Nova York. Na quinta-feira está previsto que os mais próximos do ator o homenageiem em um ato privado.

Fonte:Bol

Compartilhar: