Suspeitos pedem desculpa para vítima depois de sequestro-relâmpago

Mulher conta que os presos alegaram que a atitude foi por necessidade

A jovem que não quis se identificar, conta que está muito assustada e não consegue sair de casa. Foto: Divulgação
A jovem que não quis se identificar, conta que está muito assustada e não consegue sair de casa. Foto: Divulgação

Dois suspeitos pediram desculpas para a vítima de sequestro-relâmpago e justificaram a ação dizendo que foi por necessidade. O sequestro-relâmpago aconteceu em Planaltina (DF), quando a estudante, que estava na casa de familiares, foi até o carro buscar uma escova de dentes. Ela foi abordada e ficou duas horas seguindo as ordens dos bandidos.

Em questão de segundos, um rapaz armado anunciou o assalto. A estudante foi obrigada a entrar no carro e foi surpreendida quando percebeu que eram dois assaltantes.

“O outro conseguiu entrar e foi na hora que ele colocou a pistola na minha cabeça. Ele saiu comigo, por onde, eu não sei. A velocidade era muito baixa e por onde nós andamos não passou uma viatura”.

A vítima conta que os bandidos ficaram passeando com o carro para decidir o que fazer. Enquanto isso, ela era ameaçada. A estudante conta que ficou desesperada quando percebeu que os homens estavam se afastando da cidade e chegando a um local de estrada de terra e matagal.

A jovem insistiu para ser solta e, quando chegaram a um local isolado, em uma BR, ela foi abandonada. Os assaltantes fugiram com o carro, levaram telefone celular, documentos pessoais e R$ 200,00.

“Eu falei: moço me responde só a última coisa, onde eu estou porque eu não sei voltar. ‘Você estava no Arapoanga’, foi isso que ele falou”.

A vítima conta que foi neste momento que os bandidos pediram desculpa e fugiram. O carro roubado tinha sido comprado recentemente, depois de sete anos de economia. A estudante que está assustada, não consegue sair de casa, nem dormir sozinha.

“Não fui à faculdade, não saí da minha casa, não quero sair da minha casa, não tenho estrutura nenhuma”.

O boletim de ocorrência foi registrado na 16ª Delegacia de Polícia, em Planaltina. O carro roubado é um Celta prata de placa JMI-3944.

Fonte: R7

Compartilhar: