Tabela distancia Brasil e Argentina, mas permite final entre os rivais

Caso terminem na liderança de seus grupos, o que é bastante provável, brasileiros e argentinos se enfrentarão apenas na decisão, caso cheguem lá

Final inédita contra a Argentina pode acontecer em 2014. Foto:Divulgação
Final inédita contra a Argentina pode acontecer em 2014. Foto:Divulgação

O Brasil está no grupo A da Copa do Mundo, ao lado de Croácia, México e Camarões. Uma chave equilibrada, mas que dá boas chances à seleção de terminar na liderança. A Argentina, no grupo F, deve ter um pouco mais de facilidade, tendo como rivais Bósnia, Irã e Nigéria. Se os dois rivais sul-americanos confirmarem as expectativas e terminarem na ponta de suas chaves, só se enfrentam numa eventual final.

Mesmo que um dos rivais, Brasil ou Argentina, termine em segundo lugar do grupo, o mais cedo que os dois se enfrentariam seria na semifinal. No caso de os dois terminarem em segundo lugar, mais uma vez o duelo fica reservado apenas para a decisão.

Os argentinos, no entanto, deverão ter um caminho mais tranquilo para chegar à final do Mundial. Enquanto a seleção brasileira pode pegar Espanha ou Holanda já nas oitavas e Itália, Inglaterra ou Uruguai nas quartas, o time de Lionel Messi tem chances de encarar Suíça ou Equador em seu primeiro mata-mata. Isso, claro, se não houver zebras e a França for a campeã do grupo E.

A primeira pedreira na vida da Argentina pode surgir apenas nas quartas de final. Novamente se não tivermos resultados inesperados, Bélgica, Rússia ou Portugal será o adversário dos hermanos nesta etapa.

Quem também poderá se encontrar somente na decisão é Brasil e Uruguai. Isso se ambos forem líderes de seus grupos. O Uruguai, porém, está na chave mais complicada da Copa, ao lado de Inglaterra e Itália. Se a seleção uruguaia ficar com a segunda vaga da chave e o Brasil for líder, o clássico pode acontecer já nas quartas de final.

França se dá bem

Pivô de polêmicas sobre suposto favorecimento antes do sorteio, a França, de fato, se deu bem. O país caiu no grupo de Suíça, Equador e Honduras. Se tudo ocorrer como o planejado, pegará Bósnia ou Nigéria nas oitavas de final. Nas quartas, porém, a Alemanha pode aparecer na vida dos franceses.

Fonte:IG

Compartilhar: