Tão perto, tão longe – Vicente Serejo

Os encontros acontecem em todo momento. Minuto a minuto, pessoas se esbarram, se olham, interagem ou seguem seu caminho, sem…

Os encontros acontecem em todo momento. Minuto a minuto, pessoas se esbarram, se olham, interagem ou seguem seu caminho, sem qualquer tipo de contato. Os verdadeiros – de almas – são bem mais raros e esperam a conjuntura certa. Instigante observar o que aproxima, o que repele. Interessante notar como o “mundo é pequeno”.

“Tão perto, tão longe”… Uma reportagem da revista Super Interessante, de algum tempinho atrás, se dedicou a responder à pergunta “é verdade que estamos a 6 graus de qualquer outra pessoa do mundo?” e encontrou uma experiência do psicólogo americano Stanley Milgram, que, em 1961, mandou cartas para várias pessoas pedindo que fizessem a mensagem chegar a alguém, determinado por ele, em outra cidade.

De acordo com a matéria, havia uma única regra: as cobaias só poderiam mandar a mensagem para alguém conhecido até chegar ao alvo. A carta passava, em média, por cinco pessoas antes do destino, em um total de 6 “graus” de separação. A pesquisa foi contestada porque apenas 3% das cartas alcançaram o objetivo.

Para tirar a prova, o sociólogo americano Duncan Watts repetiu o expe­rimento em 2003 – desta vez, com e-mails. Ele pediu que 18 mil voluntários contatassem 18 pessoas, por elas, desconhecidas. Novamente, a média bateu nos 6 graus.

Na prática da vida, em sua dinâmica misteriosa e perfeita, muitos já devem ter parado para refletir nessas “coincidências” que fazem as pessoas se encontrarem, ficarem próximas e descobrirem que estão relacionadas, de alguma maneira, a outra pessoa próxima. Como uma grande teia, amarrada nos detalhes. Há quem encurte distâncias, fazendo valer a pena. Há quem se mantenha em seu próprio núcleo da teia. Incontestável, porém, que cada movimento fatalmente interferirá no campo do outro, em uma ressonância infinita.

w Questão jurídica

Observadores atentos destacaram que o DEM só se coligou na proporcional e não na majoritária – exatamente nesta ordem. Fato que pode gerar uma questão jurídica. Advogados juram “de pés juntos” que isso não é possível.

“Gentileza política”

Henrique Alves (PMDB) tem assumido um discurso mais leve, em suas andanças, para melhorar o quesito “carisma”. Conta-se também que ele estaria adotando uma postura de “gentileza política” com a companheira de chapa Wilma de Faria (PSB). Em reuniões com lideranças, chegou a frisar que, há seis meses, era ela quem liderava as pesquisas.

Últimas votações

Os deputados potiguares votam, nesta quinta-feira (10), a PEC da revisão da Constituição Estadual e a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), antecedendo o recesso parlamentar que deve começar na próxima semana.

Duelo

José Adécio (DEM) ainda tenta, de todas as formas, alterar a decisão da justiça quanto ao mandato, mas Dibson Nasser (PSDB) chegou a afirmar que passará qualquer que seja o tempo no lugar para o qual foi eleito, em uma maneira de honrar os votos que recebeu, ainda que tenha que lidar para sempre com o “título” de deputado cassado.

Cultura oriental

A cultura oriental será lembrada, no próximo dia 8, na escola de dança do ventre Tuareg, que completa mais um ano, em Ponta Negra. Uma festa árabe contará com apresentações das professoras-bailarinas e das alunas, além de um jantar com comidas típicas.

Casa nova

O Contemporâneo, antes localizado na Avenida Salgado Filho, está de casa nova. Uma nova sede, mais ampla e moderna, foi inaugurada, em Potilândia, em um complexo de 14 mil metros quadrados, para acolher os alunos daquela unidade.

Trabalhos científicos

As inscrições para submissão de trabalhos científicos a serem apresentados na Expofruit 2014 estão abertas até o dia 1º, pelo site www.expofruitrn.com.br. O evento acontece de 24 a 26 de setembro, no Expocenter, em Mossoró.

Rota Batida

A Fundação Vingt-un Rosado prorrogou, até o dia 30, as inscrições para o processo que selecionará dez obras para serem publicadas pelo projeto Rota Batida, realizado com incentivo da Lei Câmara Cascudo, em parceria com Petrobras e Cosern. Serão dois trabalhos em cada um dos gêneros.

Conectado

O Brasil continua sendo o quinto país a usar mais a internet, segundo o ranking atual do Brazil Digital Future in Focus, da comScore. O levantamento analisou o comportamento dos internautas pelo mundo e aponta a China como a líder no acesso à rede, seguida pelos EUA, Índia e Japão.

Líder latino

De acordo com o estudo, os brasileiros passaram, em média, 29,7 horas conectados à web, um total acima da média global, que é de 22,7 horas, e também superior à média da América Latina, que tem um registro de 21,9 horas de conexão.

Compartilhar: