Tarifas de passagens aéreas na Copa caem até 67% com novos voos

A Gol informou na semana passada que colocaria à venda o primeiro lote de novos voos no dia 17 de janeiro

Cada novo voo tem sua cota de tarifas econômicas mais baratas. Foto:Divulgação
Cada novo voo tem sua cota de tarifas econômicas mais baratas. Foto:Divulgação

Cinco dias depois de a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) anunciar a inclusão de 1.973 voos na malha aérea durante a Copa do Mundo, os preços das passagens para o período caíram até 67,5%.

Em 14 de janeiro -um dia antes de a agência enviar sua resposta aos pedidos das companhias aéreas-, as passagens mais baratas na Gol para ver Brasil e Camarões, em 23 de junho, em Brasília, custavam R$ 1.092,90.

Ontem, o mesmo trajeto saía por R$ 354,90.

A diferença foi encontrada em levantamento feito pela Folha considerando as passagens de ida e volta mais baratas de quatro companhias (TAM, Gol, Azul e Avianca). Todos os voos partem de São Paulo -de Congonhas, de Cumbica (Guarulhos) ou de Viracopos (Campinas).

Segundo a Abear (associação das empresas aéreas), as quedas no preço devem continuar nas próximas semanas, à medida que as companhias forem incluindo em seus sistemas os novos voos.

Cada novo voo tem sua cota de tarifas econômicas, mais baratas, que já estavam se esgotando antes da mudança da malha aérea.

A Gol informou na semana passada que colocaria à venda o primeiro lote de novos voos no dia 17 de janeiro.

De acordo com o levantamento, a empresa foi a que apresentou as maiores reduções. As passagens para o jogo entre Espanha e Holanda, em Salvador, no dia 13 de junho, caíram 67,4% entre a consulta de 14 de janeiro e a de ontem.

Em segundo lugar ficou a TAM. A companhia disse que incluiria os novos voos gradativamente, entre janeiro e a segunda semana de fevereiro. Pela empresa, as passagens mais baratas para ver Inglaterra e Itália em Manaus, em 14 de junho, caíram 35%, para R$ 1.174,12.

queda

A Azul teve o maior aumento entre as companhias pesquisadas. O trajeto mais barato para ver Itália e Uruguai em Natal, em 24 de junho, passou de R$ 1.243,92 para
R$ 1.936,02, com alta de 55%.

A Azul disse que ainda não começou a colocar os novos voos no sistema, o que deve iniciar em fevereiro.

Fonte:Uol

Compartilhar:
    Publicidade