Taxa de embarque não pode ser cobrada no aeroporto de São Gonçalo do Amarante

Pelas regras estabelecidas pela Anac, a cobrança da taxa de embarque do novo aeroporto só poderá ocorrer depois da conclusão de todas as obras, o que deve ocorrer somente em outubro

PhotoGrid_1399636562974-1

As companhias aéreas não podem cobrar dos passageiros a taxa de embarque dos voos partindo do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. O novo aeroporto começou a receber voos domésticos no dia 31 de maio. Quem pagou taxa de embarque no valor de R$ 21,57 poderá exigir o dinheiro de volta, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Pelas regras estabelecidas pela Anac, a cobrança da taxa de embarque do novo aeroporto só poderá ocorrer depois da conclusão de todas as obras, o que deve ocorrer somente em outubro. Até agora 85% das obras foram concluídas. Nesta sexta-feira (13) as companhias ainda cobravam a taxa. A assessoria de imprensa da Anac informou que vai divulgar nos próximos dias as regras de devolução dos valores pagos até agora.

O novo aeroporto terá capacidade anual para seis milhões de passageiros em 2014, com 42 mil metros quadrados de terminal. A operadora do novo aeroporto é a concessionária Inframérica, formada pela empresa argentina Corporación America e pelo Grupo Engevix, mesma operadora do Aeroporto de Brasília.

Até o dia 14 de junho a Inframérica vai manter o ônibus de graça até Ponta Negra, uma das praias mais procuradas pelos turistas em Natal. O transporte gratuito até o antigo Aeroporto de Natal está garantido até 14 de junho.

O ônibus da Luck até o Aeroporto de Natal circula em intervalos de uma hora. O de Ponta Negra da Protur circula a cada uma hora, mas atende apenas a demanda do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante para Ponta Negra. No sentido inverso o passageiro tem que pagar pelo transporte. O táxi custa entre R$ 75 e R$ 80.

Voos Copa

Durante os jogos da Copa do Mundo a companhia Azul vai vender passagens com 25% de desconto. Para conseguir o desconto é preciso comprar a ida e a volta, além de um código promocional.

 

Fonte: Correio do Brasil

Compartilhar:
    Publicidade