Técnico do ABC usa América como exemplo para voltar do RJ com vitória

Alvinegro tentará supreender o Vasco no Rio pela Copa do Brasil

Foto: José Aldenir
Foto: José Aldenir

Classificado às oitavas de final da Copa do Brasil graças ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que eliminou o Novo Hamburgo por ter escalado jogador irregular, o ABC terá que fazer valer a pena e começar com o pé direito a decisão contra o Vasco, hoje, às 19h30, no Rio de Janeiro. Para surpreender os cruzmaltinos em pleno São Januário e voltar com a vantagem para o jogo da volta em Natal, o técnico Zé Teodoro disse que o time vai tentar repetir o feito do co-irmão América, que eliminou o Fluminense em pleno Maracanã.

“O América nos deu uma grande exemplo de que nada é impossível no futebol, e é com esse espírito que o time vai em busca de um grande resultado no Rio de Janeiro, pois pretendemos encaminhar nossa classificação, trazendo uma boa vantagem para o jogo da volta na Arena das Dunas”, disse o treinador alvinegro, que apesar do otimismo, tem alguns problemas para resolver na equipe. Lesionados, Rogerinho e Renato foram vetados pelo DM e não jogam, enquanto Michel já atuou pela Copa do Brasil por outro clube e está impedido de jogar.

Para a meia, tudo indica que Júnior Timbó ganhará nova oportunidade de sair jogando. Zé Teodoro ainda tem a opção de Xuxa ou até Lúcio Flávio, que de vez em quando atua nesta função. Na lateral-direita, Renato, que vinha em ascensão, vai fazer falta ao time, mas em compensação, o treinador contará com Patrick. O jogador vinha bem na equipe até se lesionar, recuperou-se da lesão, mas diante da boa fase de Renato acabou no banco de reservas e hoje terá a grande chance de lutar pela vaga de titular na equipe alvinegra. Para a contenção, Liel é quem deve substituir Michel.

Vascaínos pregam respeito ao time potiguar

O técnico Adilson Batista confirmou a escalação do Vasco com os meias Douglas e Maxi Rodriguez e os atacantes Montoya e Kleber. Apesar de já ter vencido o ABC pela Série B, os vascaínos pregam respeito ao rival e não esperam facilidades. “Trata-se de um mata-mata. Dois jogos onde tudo pode acontecer. Se você não entrar bem um dia em campo a competição toda pode ser jogada fora. Nessas condições não dá muito para apontar favoritismo. Além disso, o ABC tem um bom time e merece nosso respeito”, disse Adilson Batista. Os jogadores vascaínos compartilham da opinião do treinador e, já prevendo problemas, querem um bom resultado em casa. “Jogando em São Januário precisamos deixar a classificação bem encaminhada, pois é muito complicado ganhar do ABC em Natal. Temos que vencer no Rio de Janeiro e de preferência sem levar gols”, analisou o zagueiro Rodrigo, já pensando no jogo da volta, dia 2 de setembro, no Rio Grande do Norte.

FICHA TÉCNICA

VASCO: Martín Silva; Carlos César, Rodrigo, Douglas Silva e Marlon; Guiñazu, Fabrício, Maxi Rodríguez e Douglas; Montoya e Kléber. Técnico: Adilson Batista

ABC: Gilvan; Patrick, Suéliton, Marlon e Luciano Amaral; Fábio Bahia, Daniel Amora, Michel e Junior Timbó; João Paulo e Dênis Marques. Técnico: Zé Teodoro

ÁRBITRO: Wagner R. (MT)

LOCAL: E. São Januário, RJ

HORÁRIO: 19h30

Compartilhar:
    Publicidade