Técnico Celso Teixeira é expulso, quebra vestiário e chama auxiliar de “gostosa”

Comandante do Juventus, Celso Teixeira, teria feito afirmação à bandeirinha Maira Americano Labes durante duelo contra a Chapecoense, no hexagonal do Catarinense

Celso Teixeira e Maira Americano Labes: polêmica após expulsão do treinador. Foto: Divulgação
Celso Teixeira e Maira Americano Labes: polêmica após expulsão do treinador. Foto: Divulgação

Expulso na partida do hexagonal do Campeonato Catarinense, no último sábado, o técnico do Juventus, Celso Teixeira, protagonizou uma pequena confusão. Diante da Chapecoense, o comandante do Moleque Travesso reclamou com a auxiliar Maira Americano Labes e foi expulso pelo árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra.

O cartão vermelho foi mostrado aos 16 minutos do segundo tempo e o treinador precisou ser retirado de campo pela Polícia Militar. Na saída, segundo a súmula da partida, teria dado um recado à bandeirinha:

“Vou sair, sua gostosa”, escreveu Bezerra.

Além disso, de acordo com a súmula, Celso quebrou os vidros do seu vestiário após a expulsão. Curiosamente, oito minutos mais tarde, o preparador físico do Juventus, José Bernardino Neto, também foi expulso por xingar o árbitro.

“P.., só contra nós, p… que pariu”, teria dito o profissional.

A partida terminou empatada em 1 a 1, e o Juventus é o lanterna do Catarinense. Para evitar o rebaixamento, a equipe precisa de uma vitória na última rodada contra o Brusque, além de secar o rival Atlético-IB.

Fonte: Gloob

Compartilhar: