Técnicos analisam mortalidade materna, infantil e fetal no RN‏

Com o intuito de analisar as estratégias de redução da mortalidade materna, infantil e fetal no estado, representantes do Comitê…

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com o intuito de analisar as estratégias de redução da mortalidade materna, infantil e fetal no estado, representantes do Comitê Estadual de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal e do Fórum Perinatal se reúnem a partir das 8h30 desta terça-feira, (1º), no auditório do 12º andar do edifício-sede da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

De acordo com a médica obstetra Maria do Carmo Lopes de Melo, presidente do Comitê Estadual de Luta pela Redução da Mortalidade Materna, o encontro visa fortalecer a linha de atenção perinatal no Rio Grande do Norte, por meio de atividades que contribuam para a melhoria técnica e acadêmica dos profissionais envolvidos na assistência obstétrica, além da atuação junto aos gestores e serviços de saúde.

“Essa reunião é realizada na primeira terça-feira de cada mês. Pelas estatísticas da Sesap, temos este ano, de janeiro até agora, um número que chega a 26 óbitos, mas são dados que estão sendo investigados para confirmação, e para saber se a causa era ou não evitável”, disse Maria do Carmo.

“Nessas reuniões do Comitê Estadual e do Fórum Perinatal, quando recebemos representantes de todas as sete Unidades Regionais de Saúde, aproveitamos para fazer essa cobrança”, pontuou.

Maria do Carmo Lopes de Melo aproveitou para informar que, se em 2006 havia uma razão de mortalidade de 29,6 óbitos para cada 100 mil nascidos vivos, em 2012 se alcançou a marca de 60,2 óbitos para cada 100 mil nascidos vivos. Esse aumento é reflexo da eficácia nos procedimentos de investigação

Na reunião, a pauta a ser discutida inclui a leitura da Portaria que institui o Comitê de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal, e discussão do Regimento Interno; Tratamento, financiamento e competência da dispensação dos medicamentos da Toxoplasmose, seguida de discussões e encaminhamentos.

Compartilhar: