Teve o celular perdido ou roubado nas festas? Saiba o que fazer nesse momento

Antes de bloquear o aparelho, a primeira atitude a ser tomada é bloquear a sua linha de celular

Uma situação comum para quem participa de eventos com  grande aglomeração de pessoas é perder o celular, seja por descuido, furto ou roubo. O UOL Tecnologia traz a seguir algumas dicas para quem, infelizmente, passou ou passará por essas situações.

 

Bloqueio do aparelho

Desde 2000 existe um a lista única chamada Cemi (Cadastro de Estações Móveis Impedidas) que registra aparelhos que foram roubados, com o objetivo de evitar que sejam habilitados com novas linhas.

Assim como você tem um R.G, seu aparelho celular tem um número único de identidade no mundo, chamado de IMEI (International Mobile Equipment Identity). É com esse número que é possível bloquear seu aparelho: o problema é que ele está, geralmente, atrás da bateria do celular (impossível de ver depois de ser roubado) ou nota fiscal (que você guardou em alguma gaveta e nem sabe mais onde está).  É possível ainda saber o IMEI digitando *#06#, como se fosse fazer uma ligação (mas sem o aparelho em mãos, não adianta muito saber esse atalho).

Então, se você está lendo esse trecho do texto, pare tudo e corra atrás do seu IMEI. Deixe anotado em um local de fácil acesso (dica: envie um email para si mesmo com o seu IMEI).

 

Anotou direitinho?

Desde abril de 2010, para cadastro no Cemi não é mais preciso apresentar o Boletim de Ocorrência à sua operadora. No primeiro contato, a empresa faz um bloqueio temporário. Para torná-lo permanente, você deve comparecer a uma loja da operadora e assinar um termo de responsabilidade em até 48h do comunicado da perda, furto ou roubo ou, se preferir, encaminhar o B.O à empresa (no Estado de São Paulo, ele pode ser feito pela internet em caso de furto ou perda).

 

Bloqueio da linha

Antes de bloquear o aparelho, a primeira atitude a ser tomada é bloquear a sua linha de celular – isso impede, no caso de donos de linhas pré-pagas, que o ladrão gaste todos os seus créditos. No caso de linhas pós-pagas, a conta mensal ainda será enviada para você, mas pelo menos quem ficou com seu celular não gastará a franquia do seu plano.

Cada operadora tem um procedimento próprio para o bloqueio da linha, mas em geral ele pode ser feito por telefone pelo serviço de atendimento ao consumidor (não se esqueça de anotar sempre o protocolo de atendimento). Veja abaixo cada caso específico:

 

Claro Oi TIM Vivo
O cliente deve entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo número 1052, de qualquer telefone e solicitar o bloqueio da linha ou, ainda, realizar a suspensão da linha pelo site da Claro, na seção Minha Claro. O bloqueio da linha do celular também pode ser feito nas lojas. Os clientes devem acessar a Minha Oi no endereço www.oi.com.br ou entrar em contato pelo *144 de um celular Oi ou 1057 de um telefone fixo para bloquear a linha e pedir a 2ª via do chip. O bloqueio da linha roubada deve ser feito via call center. O cliente disca 1056 de qualquer telefone ou *144 de qualquer celular TIM. Vale ressaltar que o prazo máximo da operadora para o bloqueio da linha, sem que se faça o cancelamento, é de 120 dias. O bloqueio de aparelhos celulares, em caso de roubo, é realizado pelo serviço de atendimento da empresa pelo telefone 1058 (ligação gratuita), que funciona 24 horas.
  • Fonte: Operadoras

 

No entanto, é preciso ficar atento ao prazo para reativação da linha bloqueada – afinal, pode se tratar de um número que você tem há muito tempo – que varia de 60 a 150 dias dependendo da operadora.

Rastreamento

Para quem usa smartphones, alguns aplicativos realizam o rastreamento dos aparelhos. Se você foi roubado, é totalmente desaconselhável sair sozinho em busca do celular – procure ajuda da polícia.

 

O que fazer quando você perde seu celular?

Ligue para a central de atendimento da operadora e solicite o bloqueio da linha
Encontre o IMEI (nº de identificação do aparelho) na nota fiscal do aparelho
Faça um Boletim de Ocorrência ou assine um Termo de Responsabilidade na loja da operadora para bloquear o aparelho com IMEI
Se usa um smartphone com aplicativo de rastreamento, peça ajuda da polícia para tentar recuperá-lo
Se pagou caro no aparelho (e costuma perdê-lo), faça um seguro para o smartphone

 

thrth

Fonte: Uol

Compartilhar: