Torcedor faz “bundalelê” na hora do pênalti e Diego Costa bate na mão do goleiro

Jogador perdeu pênalti, marcou gol que definiu o placar e ainda saiu de maca depois de se chocar com a trave

Diego Costa perdeu um pênalti, mas marcou o gol da vitória do Atlético de Madri no finalzinho. Foto: IG
Diego Costa perdeu um pênalti, mas marcou o gol da vitória do Atlético de Madri no finalzinho. Foto: IG

Para manter a vantagem na liderança do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madri visitou o Getafe neste domingo, no estádio Coliseum Alfonso Pérez. Enquanto isso, os anfitriões buscavam a vitória para sair da zona de rebaixamento. Os colchoneros venceram por 2 a 0 e ficaram três pontos à frente do Barcelona, segundo colocado da competição nacional.

Quem chamou a atenção foi Diego Costa. O jogador perdeu um pênalti, marcou o gol que definiu o placar e acabou substituído depois de machucar a perna em uma batida na trave.

Torcedor tentou de todas as formas desviar a concentração do atacante. Foto: Divulgação
Torcedor tentou de todas as formas desviar a concentração do atacante. Foto: Divulgação

O jogo

O primeiro tempo teve baixo rendimento das duas equipes e, por isso, sem muitas emoções. A primeira chance clara de gol foi apenas aos 24 minutos, quando Alexis recebeu um belo cruzamento dentro da área e tentou mandar a bola para o fundo das redes e marcar para o Getafe, mas a bola passou a poucos centímetros acima do travessão.

O Atlético de Madri respondeu aos 27 da etapa inicial. Após cobrança de falta para a área, Diego Godin cabeceou baixo, para o meio da meta, mas o goleiro, com um reflexo incrível, executou bela defesa e evitou que os visitantes inaugurassem o marcador. Mais ativos e precisos, os colchoneros foram melhores no primeiro tempo e o gol tardou, mas saiu. Aos 40 minutos, Godin encontrou um espaço livre dentro da área e aproveitou um cruzamento para cabecear e estugar as redes adversárias.

Disposto a correr atrás do resultado, o Getafe voltou dos vestiários com mais disposição. Após cobrança de escanteio aos 9 minutos do segundo tempo, Juan Rodriguez subiu mais alto para cabecear para o gol, mas o arqueiro executou bela defesa e evitou o empate dos anfitriões.

O Atlético teve a chance de ampliar o marcador com um pênalti aos 20 minutos da etapa complementar. Angel Lafita cometeu falta dentro da área e foi expulso. Na cobrança da penalidade, Diego Costa chutou a bola próximo ao canto inferior direito e o arqueiro do Getafe defendeu com categoria e evitou o segundo gol dos colchoneros. No rebote, Raul Garcia tentou marcar, mas Jordi Cordina executou outra boa defesa.

Na busca do empate, o Getafe chegava com perigo ao ataque. Aos 38 do segundo tempo, Pedro Leon encontrou espaço dentro da área e chutou de primeiro para o gol, mas a bola foi por cima do travessão.

Após perder a penalidade, Diego Costa se redimiu. Aos 39 minutos da etapa complementar, Adrian tirou a bola do goleiro e proporcionou um passe açucarado para o brasileiro, que teve apenas o trabalho de empurrar a bola para o gol dos anfitriões e selar a vitória do Atlético.

O brasileiro naturalizado espanhol ainda deu um susto na torcida. Ao dar um carrinho para recuperar uma bola, ele bateu direto na trave, o que abriu um corte feio na perna esquerda. Diego Costa teve que deixar o campo de maca e reclamando muito de dor.

E Diego Costa estava recém-recuperado de uma lesão. O jogador sentiu dores na coxa e esteve fora da equipe desde o jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. Ele voltou a treinar no final de semana para ser escalado para encarar o Getafe neste domingo.

Com o resultado, os colchoneros chegaram aos 82 pontos e mantiveram a vantagem de três pontos na liderança do Espanhol. Enquanto isso, o Getafe permaneceu com os 31 pontos e ficou na 18º colocação da tabela de classificação, a primeira na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Elche no próximo sábado, 19 de abril, no estádio Vicente Calderón. O Getafe, por outro lado, continua na briga contra o rebaixamento quando visita o Levante no domingo, 20 deste mês, no estádio Ciutat de Valencia.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade