Torcida do Barcelona se revolta e chama jogadores de mercenários

Os gritos contra Messi foram intensos, com reclamações de que o argentino "não sua a camisa" e que está se preocupando mais com a Copa do Mundo do que com o Barcelona

Torcida catalã diz que Messi não está "suando a camisa". Foto: Divulgação
Torcida catalã diz que Messi não está “suando a camisa”. Foto: Divulgação

A torcida do Barcelona voltou a protestar contra o elenco de jogadores, da mesma forma que havia feito após a derrota por 1 a 0 no último sábado pelo Granada, pelo Campeonato Espanhol. Na noite desta quarta-feira, nem mesmo o intocável Lionel Messi escapou dos gritos dos catalães, que foram ao estádio Camp Nou na chegada dos jogadores para chamá-los de “mercenários” depois da queda por 2 a 1 diante do Real Madrid, na decisão da Copa do Rei.

Os gritos contra Messi foram intensos, com reclamações de que o argentino “não sua a camisa” e que está se preocupando mais com a Copa do Mundo do que com o Barcelona. Além disso, os torcedores gritavam para os jogadores “darem a cara”. A demissão do técnico Tata Martino também foi pedida pelo grupo.

O jornal espanhol AS destacou que os jogadores não ficaram cara a cara com os torcedores. O atletas, após pegarem os seus veículos, saíram por um portão dos fundos do Camp Nou.

Desta vez, ao menos, não houve o registro de manifestações racistas, como as registradas contra Neymar e Daniel Alves na chegada do compromisso em Granada.

Fonte: Terra

Compartilhar: