Torcida do Newell’s tenta incendiar casa de dirigente após eliminação

Os barrabravas jogaram um pneu em chamas na fachada da casa do dirigente, muito perto de onde se encontra a válvula de gás

Newell's foi eliminado em casa da Libertadores. Foto: Divulgação
Newell’s foi eliminado em casa da Libertadores. Foto: Divulgação

A eliminação do Newell’s Old Boys nesta quinta-feira, depois da derrota em casa por 3 a 1 para o colombiano Atlético Nacional, foi apenas mais um capítulo do momento bastante turbulento do clube argentino. Segundo informações do jornal Olé, a organizada do time tentou incendiar a casa do presidente Guillermo Lorente antes da partida decisiva da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

De acordo com o diário, os barrabravas jogaram um pneu em chamas na fachada da casa do dirigente, muito perto de onde se encontra a válvula de gás. No mesmo dia, o vice-presidente Jorge Ricobelli foi ameaçado de morte.

A organizada do Newell’s se tomou tais atitudes como repúdio pela derrota para o arquirrival Rosário Central, por 1 a 0, no clássico do último fnial de semana. O resultado deixou o time na 14ª posição do Torneio Final do Campeonato Argentino, com apenas 14 pontos em 12 jogos.

Nesta quinta, o Newell’s, semifinalista da Libertadores de 2013 sob o comando de Gerardo Martino, foi eliminado na fase de grupos do torneio continental. A equipe argentina, que jogava pelo empate, foi derrotada em casa pelo Atlético Nacional por 3 a 1 e terminou na terceira colocação do Grupo 6. O técnico Alfredo Berti pediu demissão após o jogo.

Fonte: Terra

Compartilhar: