Tradicional chá de camomila serve para uma variedade de benefícios ao seu corpo

Além da utilização medicinal da planta, também é possível utilizá-la para fins cosméticos e estéticos

beneficios-da-camomila-500x325

Trata-se de uma das ervas mais conhecidas e usadas por sua quantidade de propriedades curativas e estéticas. É ingerida principalmente como chá, mas também pode ser utilizada em cremes ou loções.

Um pouco de história

A camomila já era usada na Grécia antiga, no Egito e no Império Romano para tratar várias doenças. Porém, tornou-se popular na idade média, quando era consumida para asma, problemas nervosos, náuseas, problemas de pele, dentre outros.

Atualmente, a camomila pode ser encontrada praticamente no mundo inteiro e é muito resistente a qualquer clima, por isso, pode ser facilmente plantada em um jardim ou em um vaso.

Benefícios da camomila

As principais propriedades desta erva são: anti-inflamatórias, antialérgicas, antibacterianas e sedativas.

Além disso, possui boas vantagens digestivas, por isso, recomenda-se beber uma xícara de chá de camomila depois de comer, para aliviar dores, relaxar o estômago pesado e até em casos de úlcera ou gastrite.

É muito boa para tratar problemas respiratórios como a asma, resfriado, febre alta e bronquite. Para aquelas pessoas que não conseguem dormir, é aconselhável beber uma infusão de camomila para ter sonos mais profundos.

Também é ideal para mulheres que sofrem dores menstruais intensas.

A camomila e a estética

Além da utilização medicinal da planta, também é possível utilizá-la para fins cosméticos e estéticos.

Por exemplo, o uso mais comum é para clarear o cabelo: pessoas com cabelos castanhos que desejam uma cor mais clara, podem utilizar a camomila para fazer enxagues durante o verão, pois com a ação do sol, é possível conseguir tons mais claros.

Também apresenta boas propriedades para a pele. Os cremes ou cataplasmas caseiros de camomila são excelentes para regenerar os tecidos e os gargarejos são bons para cicatrizar aftas ou herpes labiais mais rápido.

É possível encontrar no mercado várias versões da camomila: cremes, óleos essenciais, loções e capsulas, porém, o mais comum e saudável é a infusão ou o chá.

Como preparar o chá de camomila

É muito simples o processo de preparação do chá de camomila, basta ferver a água e em uma xícara e adicionar uma colher de sopa da erva seca (também há a opção dos saquinhos da erva prontos para diluir em água).

Caso utilize a erva seca, deixe-a 3 minutos em água fervente e depois coe. O chá pode ser consumido frio ou quente, depende do gosto de cada um e claro, da época do ano.

 

Fonte: Site Melhor com Saúde

Compartilhar: