Tríade do sucesso

A demissão do treinador é a primeira solução apontada para todos os males de um clube de futebol. É capaz…

A demissão do treinador é a primeira solução apontada para todos os males de um clube de futebol. É capaz de resolver desde a desde a sequência negativa em meio à disputa de uma competição até garantir o fim imediato dos problemas financeiros no clube. Ao menos e, aparentemente, é a impressão que os dirigentes tentam passar na maioria das oportunidades.

A saída de um comandante de uma comissão técnica, nada mais é, do que a continuidade de um círculo vicioso no qual se insiste, ano após ano, em erros que, em geral, não são culpa deste profissional. Eventualmente, o dono do boné à beira de campo pode ser sua parcela de contribuição num insucesso, mas na maioria das vezes, ele não passa de um bode expiatório para incapacidade gerencial dos clubes em lidar com as próprias dificuldades em promover um time de futebol.

Administrar um clube de futebol não se resume a alcunha de presidente, uma sala com ar condicionado e um amontoado de pessoas ao redor com cargos e pouca competência para exercê-los. Alguns apontarão o dedo para dizer: “mas e qual foi a última vez que administrou um clube de futebol?”

De fato, meus caros, nunca. E justamente por isso – e pelo fato da proximidade de algumas temporadas inserido no contexto do futebol – torna-se possível observar de formar impessoal, analisar com a frieza que determinadas avaliações exigem. No tiro de obviedades, o treinador de futebol, no sistema todo, é o último da cadeia de comando e, geralmente, aquele que tem menos influências nas decisões que refletem de forma mais substancial no futuro do clube.

Enfim, mais do que ter o cargo de gestor, mandatário, cartola-mor ou presidente, é preciso ser um gestor. Administrar um clube de futebol, atividade rodeada de interesses paralelos e recheada de paixão, de certo não é uma missão das mais fáceis, mas quem assume, traz para si a responsabilidade de representar não apenas uma nação no mundo da bola, mas um sentimento.

Equilíbrio, competência e arrojo precisam estar de mãos dadas, são a tríade do sucesso nesta concorrência desleal imposta em várias oportunidades, principalmente se colocado o Rio Grande do Norte no cenário nacional. E em meio a uma crise cataclísmica que pode rebaixar nosso estado para longe até mesmo da divisão de acesso à elite, é preciso mais do que nunca da personalização dessas qualidades no comando dos clubes.

Cot
Enquanto ABC e América agonizam na Série B do Campeonato Brasileiro ocupando, respectivamente, lanterna e vice-lanterna da competição, já começa a circular a informação de aumento da cota para a edição de 2014 do campeonato. Atualmente, a cota ultrapassar os R$ 2 milhões para clubes emergentes, casos dos potiguares que não chegaram a integrar, no passado, as negociações que envolveu o Clube dos 13.

Visita
O Jornal de Hoje e este colunista recebeu no final da tarde de quinta-feira a visita do gerente de comunicação da Fifa, Nelson Ayres. O profissional veio a Natal para explicar um pouco sobre a infraestrutura do mundial do ano que vem, bem como, traçar um paralelo com o trabalho de cobertura do evento em 2014 na capital potiguar e no país. Em primeira mão, Ayres confirmou que a Fifa deverá realizar ainda duas visitas operacionais, uma delas ainda este ano, para realizar os primeiros testes na Arena das Dunas.

Jiu-Jitsu
O ginásio do Colégio Sagrada Família, em Natal, receberá neste final de semana a I Copa RN de Jiu-Jitsu. As lutas começam a partir das 08 horas da manhã. O evento tem o apoio Federação de Jiu-Jitsu Esportivo do Rio Grande do Norte (JJERN) e terá toda a competição regida pelas normas da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo. Para quem quiser acompanhar as lutas, a entrada custará R$ 2,00 ou dois quilos de alimentos não perecíveis que serão doados a instituições de caridade. Para mais informações, basta acessar www.rnjiujitsu.com.

Homenagem
Em reconhecimento às ações de incentivo ao desenvolvimento do Karatê no RN empreendidas pela Estácio Natal desde 2009, a Federação Estadual de Karatê Amigos da Escola Norte Riograndense (FEKAEN) prestou uma homenagem à instituição, durante a 1ª Taça Natal de Karatê Esportivo, realizada neste fim de semana. O diretor-geral da instituição de ensino em Natal, Telmo Schmitz, recebeu certificado de Honra ao Mérito e Medalhas que simbolizavam as três vitórias consecutivas da equipe do RN, no Campeonato Norte-Nordeste de Karatê, desde 2011.

Compartilhar: