Unidos do Mensalão

A GRES Unidos do Mensalão está na avenida da roubalheira exibindo seu enredo de falcatruas. O carnavalesco Lulinha de Trinta…

A GRES Unidos do Mensalão está na avenida da roubalheira exibindo seu enredo de falcatruas. O carnavalesco Lulinha de Trinta comanda uma estrutura de 8 carros alegóricos e 24 alas, sem contar a comissão de 20% e o envolvimento da velha guarda.

No primeiro carro, decorado com cédulas de dólares e moedas suíças, uma cascata de notas frias enche uma fonte luminosa repleta de emendas parlamentares. No alto, um integrante do BBB interpreta Zé Dirceu, numa fantasia luxuosa dourada e vermelha.

O segundo carro trás uma simbologia do milagre da distribuição, com 70 modelos no papel de deputados, todos se abanando com a capa do estatuto do PT. Nas laterais, anões barbudos e vendados representam a inocência cega do Luiz Inácio que nada vê.

O terceiro carro é uma alegoria muito bem concebida pelo marketing petralha, uma espécie de moenda de cana em que contratos de empréstimos no Banco Rural são moídos e gerando notas de R$ 100 reais cuspidas por máquinas de saque 24 horas.

Na ala da bateria, um dos momentos inesquecíveis do carnaval da Unidos do Mensalão. A famosa paradinha representa os embargos infringentes, quando os integrantes recompõem o fôlego para fazer barulho de novo nos ouvidos da sociedade nacional.

A ala das baianas exibe o instante histórico do partido, onde 171 mulheres rodam as saias com o braço esquerdo estendido durante todo o desfile, punho cerrado numa homenagem graciosa ao guerrilheiro de araque Zé Genoíno. A arquibancada vaiou.

O quarto carro veio trazendo uma narrativa plástica do julgamento da Ação 470 no Supremo. Rapazes negros vestidos com togas chicoteiam mensaleiros vestidos de camisas vermelhas e com auréolas de anjos sobre a cabeça. Ao todo, 38 componentes.

O quinto carro balançou a avenida. Dezenas de dançarinos com iPad e celulares nas mãos representando os blogueiros progressistas na defesa dos mensaleiros. No alto do carro, o ator José de Abreu e os jornalistas Paulo Henrique Amorim e Luiz Nassif.

O quinto carro é praticamente uma continuação coreográfica do anterior, só que num contexto inverso. Vestidos em camisetas pretas com a palavra PIG em amarelo, modelos interpretam Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes e Rachel Sheherazade.

No sexto tem um castelo construído com cartões corporativos e duas dezenas de bailarinas carregam maquininhas de pagamento automático. Um cartão VISA imitando um tapete voador traz em cima um pagodeiro fantasiado de João Paulo Cunha.

O sétimo faz alusão a uma passeata e tem bandeiras do PT por todos os lados. Passistas sobem e descem do carro, muitos deles mascarados como black blocs e outros com bonés do MST. A modelo no alto representa Dilma, sentada num vaso sanitário verde.

No último carro, à frente da velha guarda do partido, uma mistura de Presídio da Papuda e Foro São Paulo, onde os integrantes passam de lá para cá e vice-versa jogando santinhos com fotos de Lula. No alto do carro, Marisa e Rosemary, as próprias.

 

O pós-travessia

Fernando Bezerra em Portugal, Henrique Alves nos EUA. A definição do candidato a governador pelo PMDB está dependendo de ambos e só será concluída na travessia da volta. O empresário vai dizer sim, é candidato, e o deputado acionará o partido.

 

Lideranças

A força maior da candidatura do PMDB está na grande aliança de siglas articulada por Henrique e Garibaldi e no número de prefeitos e lideranças em torno desta aliança. São quase 140 prefeitos do total de 167 cidades, sem contar os candidatos a deputado.

 

Pelas redes

Um petista histórico me disse ontem que a chapa Robinson Faria/Fátima Bezerra está com um potencial surpreendente de crescimento estimulado pelas redes sociais. As cidades estão repletas de usuários do Facebook, Istagram, Twitter e WhatsApp.

 

JB 2014

Joaquim Barbosa acusou o golpe. Afirmou se sentir “autorizado a alertar a nação brasileira de que este é apenas o primeiro passo. Esta maioria tem todo o tempo a seu favor para continuar nessa sua sanha reformadora”. André Singer, na Folha.

 

Máscaras

Quanto mais os blogueiros e tuiteiros do PT agridem o ministro Joaquim Barbosa na Internet, mais sua popularidade cresce nas ruas. A máscara de carnaval do presidente do STF é a mais vendida no Rio, São Paulo e Recife desde o princípio de janeiro.

 

De Merval Pereira

“Então fica combinado assim. José Dirceu não é o chefe da quadrilha do mensalão. É simplesmente o mais graduado dos co-autores de crimes como corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, lavagem de dinheiro (por enquanto), evasão de divisas”.

 

Candidato

O presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol, José Vanildo, deverá disputar uma das oito vagas de deputado federal em outubro. Ele é filiado ao PSD, que na coligação com o PT terá como puxadores de votos Fábio Faria e Fernando Mineiro.

 

Matança

A ideologia esquerdopata transformou o aborto em método contraceptivo. Vejam o absurdo postado no Twitter pelo site OperaMundi, petista de carteirinha: “Uruguai: em um ano, 6.676 abortos seguros foram realizados e nenhuma morte registrada”.

 

Cinismo

Os mesmos FDP que defendem os bandidos quando são surrados pela população, são os primeiros a pregarem a matança de bebês no ventre das mães como se o aborto fosse uma alternativa à camisinha, uma prevenção à gravidez. Bando de assassinos.

 

Publicidade

Foram assinados ontem os contratos com as sete agências de propaganda habilitadas para tocarem a publicidade do governo estadual. Desde a posse de Rosalba Ciarlini, o governo vinha fazendo sua comunicação com contratos do governo Wilma de Faria.

Compartilhar:
    Publicidade