Usuarios terminam de construir quadra entregue inacabada pela prefeitura na Praia do Meio

Usuários taparam buracos e pintaram a quadra entregue inacabada pela prefeitura

Foto: Ricardo Araújo
Foto: Ricardo Araújo

Alessandra Bernardo

alessabsl@gmail.com

 

A reforma inacabada de uma quadra de esportes na Praia do Meio, zona Leste de Natal, está trazendo transtornos para usuários e moradores próximos ao espaço, que estão, por iniciativa própria, concluindo os reparos para voltarem a usar o local. Eles reclamam que, além da quadra ter sido entregue com as obras incompletas, ainda sofrem com a precariedade da iluminação pública na área, o que aumenta o risco de assaltos na área.

“Entregaram a quadra, mas ainda faltava muita coisa para fazer e os rapazes que sempre jogam aqui resolveram fazer os reparos por conta própria, para poderem usar o espaço com um mínimo de condição. Já tem uns dez dias que eles estão fazendo uma cotinha para comprar material para fechar os buracos nas paredes e até tinta para retocar a pintura, que foi feita superficialmente”, afirmou o morador Diego Alves.

Ele, que também usa o espaço para jogar bola com os vizinhos, destacou ainda que, dos oito refletores existentes na quadra, apenas três estão com lâmpadas e que a ligação da energia elétrica é feita de forma precária, por uma espécie de gambiarra no poste da própria quadra. E que já houve até um princípio de curto-circuito em uma ocasião.

“Já fizemos alguns reparos, mas sentimos falta mesmo é de uma boa iluminação no local, porque trabalhamos durante o dia e usamos o espaço à noite, mesmo no escuro, porque só tem três refletores que funcionam e mesmo assim, ainda não dá para enxergar direito. Uma vez, quando fomos ligar a energia no poste, deu um pipoco forte e saíram faíscas de fogo. O risco de choque é grande aqui”, enfatizou.

A moradora Penha Ramos também reclamou da iluminação precária no local e disse que, apesar das equipes municipais terem iniciado a reforma da quadra, não mexeram na praça, que está tomada por mato. “Faz medo de assalto, porque fica uma área grande sem luz e como tem dois pontos de ônibus aqui, às vezes sempre aparece alguém mal-encarado”, disse.

A reportagem de O Jornal de Hoje tentou entrar em contato com o secretário municipal da Juventude, Esporte e Lazer, Eduardo Machado, na manhã desta quinta-feira (03), para falar sobre as reclamações dos moradores próximos à praça, mas até o fechamento desta edição, não obteve sucesso.

Usuários pintaram até o chão da quadra

Entre os reparos feitos pelos próprios moradores do entorno da praça, estão o fechamento de buracos deixados nas paredes da mureta que sustenta as grades de proteção da quadra; pintura das traves e do piso, que recebeu mais uma demão de tintas azul e branca e a organização das redes das traves, que segundo o comerciante Marcelo Alves, não foi concluído pela Prefeitura.

Conforme a placa que anuncia a reforma da quadra, avaliada em cerca de R$ 64 mil, as obras deveriam ter sido concluídas no dia 21 de junho passado pela empresa responsável pelo serviço. No entanto, no local ainda era possível ver dois sacos de britas e areia e a necessidade de alguns reparos na estrutura de alvenaria e a fiação elétrica da área, que estava com os fios desencapados, oferecendo risco de choque elétrico para os transeuntes que passassem ao lado do espaço.

Compartilhar:
    Publicidade