Vai doar quanto?

O Brasil, realmente, não nasceu para ser um país sério. O ano passado ficou marcado na história por, pela primeira…

O Brasil, realmente, não nasceu para ser um país sério. O ano passado ficou marcado na história por, pela primeira vez, políticos do país que fizeram parte da alta cúpula do poder público, terem ido parar na cadeia. Mas, 2014 chegou e, com ele, o velho jeitinho de se ajudar quem não merece.

Sob o argumento de que não teria dinheiro suficiente para pagar a multa imposta pela Justiça devido ao crime de corrupção, a família do ex-deputado e ex-presidente do PT José Genoino lançou uma campanha para angariar recursos para quitar a dívida. E, acreditem a militância do partido está “fazendo a sua parte”.

Pior, líderes petistas de todo o país estão solicitando que as pessoas continuem “contribuindo” com o companheiro, hoje liberado para cumprir a pena em prisão domiciliar. O apoio vem, inclusive, da ala potiguar da legenda, sempre presente ao lado dos mensaleiros condenados pelo STF.

O fato é que os brasileiros, aos poucos, estão inventando algo até então inimaginável. Agora, como se não bastasse o Bolsa-presidiário, voltado para manter a família dos detentos fora da miséria, os brasileiros estão inovando e se dedicando, vejam só, a pagar a pena dos seus criminosos no lugar deles.

Nas mídias sociais não se fala em outra coisa. Com exceção dos perfis da presidente Dilma Rousseff, que mantém uma distância de segurança do assunto, praticamente todos os demais petistas da rede – que não é a sustentabilidade de Marina Silva – estão envolvidos na busca por mais dinheiro para Genoino.

Os criadores dessa campanha só esqueceram de dizer aos militantes petistas que o ex-deputado acaba de alugar uma residência de R$ 4 mil mensais para cumprir a pena domiciliar. Isso fora os custos da casa onde já morava com a família antes de se entregar a Polícia Federal.

Também é sempre bom lembrar, que o ex-presidente do PT aguarda, ansioso, sua aposentadoria por invalidez da Câmara, quando receberá, para sempre, o salário completo que tinha como parlamentar, algo em torno de R$ 25 mil. E aí, vai doar quanto?

 

ABRE O OLHO
Se a oposição ao governo do PT fosse realmente atenta, já teria denunciado a tal “cotinha” feita para ajudar Genoino a pagar sua dívida com a Justiça. Ora, será que alguém realmente acreditará nessa quantidade de “doações”? Ninguém tentará investigar de onde veio tanto dinheiro? Já são mais de R$ 450 mil, cerca de 70% dos R$ 667,5 mil necessários. É de fazer inveja ao Criança Esperança.

PMDB UNIDO
O vereador Felipe Alves, líder do PMDB na Câmara Municipal de Natal, considera alta as chances do seu partido ter uma candidatura própria ao governo do Estado este ano. E a perspectiva é mesmo que o nome fique entre Garibaldi Filho, Henrique Alves e Fernando Bezerra, este último hoje sendo o mais cotado para encarar o desafio. É a luta.

CAOS
São muitas as notícias negativas que surgem nos bastidores da Governadoria sobre a situação caótica em torno do funcionamento do Itep. Mais um dos vários calos da segurança pública potiguar. Os comentários vão desde irregularidades na folha de pagamento até a total falta de infraestrutura do órgão. O problema, inclusive, é uma das principais reclamações do Sindicato de Policiais Civis do RN, que passou mais de dois meses em greve no ano passado. A crise é grande.

CULTURA
O cantor e compositor Kiko Alves convida para o lançamento do seu novo álbum “Contando Estrelas”. O evento será realizado hoje, a partir das 21 horas, no clube de engenharia (ao lado da Cidade da Criança), na Avenida Rodrigues Alves. Boa opção para quem gosta de boa música.

COMUNICAÇÃO
A cúpula da InterTV Cabugi andou se reunindo esta semana e já começa a discutir como será a implantação da TV Costa Branca, nova filiada da Rede Globo em Mossoró. A previsão é que a emissora entre no ar por volta do mês de junho. A seleção de profissionais também já estaria em andamento. Importante conquista para a capital do Oeste.

LIXO E MUITO
O leitor Marcílio Pinheiro envia sua denúncia, mais uma sobre a rua Valter Fernandes, em Capim Macio. “Aproveito a oportunidade para denunciar a sujeira na rua, muito mato e muito lixo como também a demora na coleta domiciliar, e Capim Macio tem o IPTU mais caro de Natal e com certeza a taxa de limpeza pública também. Ficaria grato se você registrasse minha denuncia”.

CORREÇÃO
O professor Dalton Melo de Andrade envia e-mail para a coluna. “Sou seu leitor, pois gosto do que escreve. Mas, me perdoe, seu comentário sobre a irreverência do presidente do Alecrim traz uma declaração incorreta. Não há país onde a democracia seja mais fulgurante que a Inglaterra. A Rainha não dá qualquer opinião sobre o governo, ou sobre qualquer assunto político. Até o discurso que faz na abertura do Parlamento é escrito pelo partido no poder”.

EXPLICA-SE
Este colunista não teve a intenção de questionar a poderosa democracia inglesa, apesar do seu povo continuar idolatrando a família Real. Ao contrário. O objetivo foi ironizar, justamente, a figuração dessa monarquia exatamente na terra do presidente do Alecrim, Anthony Armstrong.

GIRA MUNDO

Apesar do governo federal e da própria Petrobras negarem, é real sim o acordo para um novo aumento do combustível no meio do ano. Segundo o jornal Folha de São Paulo publica hoje, em sua editoria de economia, a política de recomposição de preços foi acertada no fim do ano e prevê, como referência, uma banda para o reajuste da gasolina e do diesel. Segundo a Folha apurou com interlocutores do governo, esse intervalo leva em consideração um piso de 4% e um teto de 8%.

Compartilhar:
    Publicidade