Veículos doados do TJRN para investigar homicídios usados em outros setores

Equipes da Delegacia de Homicídios aguardam chegada dos veículos que foram deslocados pela Degepol para atuação durante a Copa.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As equipes que atuam na Delegacia Especializada em Homicídios reclamam que estão com os trabalhos prejudicados devido à falta de viaturas. Antes da Copa do Mundo, a Câmara de Monitoramento do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, preocupada com o crescente número de homicídios no Estado, doou cinco viaturas que seriam destinadas à Dehom, mas, até hoje, nenhuma delas chegou à unidade.

No total, a Delegacia de Homicídios tem quatro equipes, com delegados, agentes e escrivães. Eles se dividem na investigação de centenas de inquéritos que se acumulam ao longo dos anos de casos que não tiveram autores de crimes identificados. Atualmente, de acordo com policiais que lá trabalham, são apenas três viaturas disponíveis.

Duas estão quebradas e encontram-se no setor de transporte da Degepol, ainda de acordo com os policiais. Como as equipes da Dehom aguardavam a chegada dos veículos doados pelo TJRN e não tiveram as expectativas concretizadas, decidiram acionar a Câmara de Monitoramento, através do juiz Fábio Filgueira.

Em contato com a assessoria do Tribunal de Justiça, a reportagem foi informada que as viaturas foram mesmo doadas para auxiliar no trabalho investigativo dos homicídios e, caso estejam sendo usadas para outros fins, deverá ser aberto um procedimento para apurar tal atitude da Degepol.

De acordo com o que foi apurado pelo Portal BO, dois dos veículos doados pelo TJ estão sendo usados no setor administrativo da Degepol e outros dois no Núcleo de Inteligência. A reportagem procurou a Delegacia Geral para saber sobre o uso desses carros.

Em nota o órgão afirma: “A Delegacia Geral de Polícia Civil esclarece que, de fato, o Tribunal de Justiça doou cinco veículos para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte destiná-los às Delegacias de Homicídios. No entanto, como o decreto de mudança de atribuição das Delegacias de Homicídios estava e ainda está em tramitação, ficou combinado com os delegados da Delegacia de Homicídios de Natal, em duas reuniões (uma realizada na Dehom e outra na Degepol), que durante os jogos da Copa realizados em Natal dois veículos ficariam à disposição dos serviços de inteligência da Segurança Pública e outros dois veículos ficariam à disposição da área administrativa da Polícia Civil, tendo em vista que dois Pálios pertencentes à Degepol foram cedidos à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, visando otimizar o trabalho do órgão durante a Copa. O outro veículo que foi doado encontra-se em manutenção e será destinado à Dehom de Mossoró, tão logo o serviço seja concluído”.

Fonte: Portal BO

Compartilhar: