Veja cena de filme em que Getúlio Vargas escreve carta de suicídio

Com direção de João Jardim e produção de Carla Camurati, 'Getúlio' estreia dia 1º de maio nos cinemas do país

Tony Ramos interpreta presidente, que se matou em 1954. Foto: Divulgação.
Tony Ramos interpreta presidente, que se matou em 1954. Foto: Divulgação.

Um novo trecho exclusivo do filme “Getúlio”, que estreia dia 1º de maio, mostra a carta escrita pelo presidente Getúlio Vargas antes de seu suicídio. No documento, ele diz “[...]Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na História”.

Devido ao atentado da Rua Tonelero, em 5 de agosto de 1954, o então presidente começa a ser pressionado a renunciar. Ele é acusado pela oposição de ser o mandante do crime contra o jornalista Carlos Lacerda, que terminou com a morte do major da aeronáutica Rubens Vaz. Mesmo diante das ameaças contra o governo, Getúlio decide se manter no poder. Mas não resiste às pressões e, em 24 de agosto de 1954, se suicida com um tiro no peito.

Com direção de João Jardim, roteiro de George Moura e produção de Carla Camurati, “Getúlio” tem também em seu elenco Drica Moraes, como Alzira Vargas; Alexandre Borges, como Carlos Lacerda; além de Adriano Garib, Marcelo Médici, Alexandre Nero, Jackson Antunes, Leonardo Medeiros, Daniel Dantas e Clarisse Abujamra.

 

Fonte: G1

Compartilhar: