Vereador concorda com nome de Fernando, mas defende consulta

Ubaldo Fernandes entende que Estado vive grave crise financeira

Ubaldo Fernandes quer que a decisão do PMDB seja tomada de forma democrática. Foto: Divulgação
Ubaldo Fernandes quer que a decisão do PMDB seja tomada de forma democrática. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro
Repórter de Política

A exemplo do prefeito de Espírito Santo, Chico Araújo, outro peemedebista, o vereador Ubaldo Fernandes, reafirmou na manhã de hoje que o candidato do PMDB ao Governo do Estado deverá ser mesmo o empresário Fernando Bezerra, segundo informações dadas a ele (Ubaldo) pelo senador Garibaldi Filho. Usando também o mesmo raciocínio, o vereador de Natal que tem como base de atuação os bairros das Rocas e Santos Reis, entende que o Estado vivencia uma grave crise financeira e em razão disso precisa ser administrado preferencialmente por um técnico para adotar decisões fortes e até impopulares para fazer com que o Rio Grande do Norte retome o caminho do desenvolvimento. “Nesse caso o nome ideal será mesmo Fernando Bezerra, que é um empresário vitorioso e mais técnico do que político”, ressaltou.

Ubaldo Fernandes, no entanto, concorda que o nome do ex-senador e ex-ministro da Integração Nacional seja levado para consulta as bases partidárias, que segundo ele, deve referendar ou não, o nome de Fernando Bezerra para ser o candidato apresentado pelo PMDB.

“É importante levar o nome de Fernando Bezerra para as bases opinarem e para que não haja esvaziamento do palanque do PMDB ou até mesmo apareça uma candidatura adversária forte e competitiva e vença as eleições”, disse o vereador, acrescentando que o nome do candidato peemedebista deve receber o respaldo e o apoio incondicional do partido inteiro. Ubaldo Fernandes informa também, que é proposta do deputado Henrique Eduardo o PMDB indicar o candidato a governador dentro da coligação com outros partidos da base aliada da presidenta Dilma Rousseff com o compromisso do futuro governador ficar no cargo apenas 4 anos, sem reeleição.

CANDIDATO A VICE-GOVERNADOR

Questionado sobre o nome que poderá compor a chapa majoritária na condição de candidato a vice-governador, o vereador Ubaldo Fernandes considera importante a presença do deputado Agnelo Alves na chapa como forma de forçar a prefeito de Natal, Carlos Eduardo, filho de Agnelo, a participar ativamente na campanha peemedebista.

Interlocutores do deputado Agnelo Alves ao ser questionados admitem a possibilidade dele trocar a reeleição por uma disputa majoritária, desde que seja uma chapa com chances reais de vitória.

Outro nome que vem sendo citado nos meios políticos para compor a chapa peemedebista é o do deputado João Maia, do PR, que mesmo considerando Fernando Bezerra um bom nome para governador, alerta que o ex-senador está há muito tempo fora da política partidária, portanto, precisando visitar o interior do Estado para se tornar conhecido e identificado com o eleitor.

Compartilhar: