Vereador lança Ricardo Motta para vice de Henrique Eduardo Alves

Chagas Catarino diz que o presidente da Assembleia é um nome forte

Presidente do PMDB, Henrique Eduardo Alves, seria o candidato a governador... ... Na chapa que teria presidente da Assembleia, Ricardo Motta, como candidato a vice. Foto: Divulgação
Presidente do PMDB, Henrique Eduardo Alves, seria o candidato a governador… … Na chapa que teria presidente da Assembleia, Ricardo Motta, como candidato a vice. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro
Repórter de Política

O vereador Chagas Catarino, do PROS, está defendendo o nome do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, líder do seu partido, para vice-governador do Estado numa chapa tendo o deputado Henrique Eduardo como candidato a governador. Segundo o vereador, o PROS, por ser um partido grande e representativo atualmente na política do Rio Grande do Norte, deve não só ser ouvido no processo sucessório deste ano, mas compor a chapa majoritária indicando um nome para vice-governador.

Ele justifica ainda, que o PROS, mesmo sendo uma legenda nova, é detentora de um grande potencial eleitoral, já que tem nos seus quadros 5 deputados estaduais, em ter eles, o presidente da Assembleia Legislativa, e na Câmara Municipal de Natal é representado por 6 vereadores, inclusive o presidente da Casa, vereador Albert Dickson.

“A presença do deputado Ricardo Motta fortalece a chapa do PMDB, já que ele tem tradição na política do Rio Grande do Norte, é filho do ex-vice-governador, Clóvis Motta, que foi também presidente da Assembleia Legislativa, portanto, seria até uma homenagem a um homem que prestou inestimáveis serviços ao Rio Grande do Norte.

Além disso, é o reconhecimento a quem preside um grande partido no Estado, o PROS, e realiza um excelente trabalho à frente do Poder Legislativo do Estado”, ressalta o vereador do PROS, acrescentando que Ricardo Motta é um político hábil e conciliador, que poderá ser útil durante todo o processo de articulação para formação das alianças políticas.

PERFIL DO PARTIDO

Na Assembleia Legislativa o PROS conta com os deputados Ricardo Motta (presidente da Casa), Gustavo Carvalho, Raimundo Fernandes, Vivaldo Costa e Gilson Moura. Na Câmara Municipal de Natal, o Partido da Renovação e Ordem Social tem os vereadores Rafael Motta (presidente do Diretório Estadual), Paulinho Freire (presidente do Diretório Municipal de Natal), Chagas Catarino (segundo mais votado do partido nas últimas eleições com 8063 votos), Ary Gomes, Albert Dickson (presidente da Câmara Municipal de Natal) e Aquino Neto.

Segundo Chagas Catarino, o PROS contabiliza atualmente um total de votos superior a 300 mil em todo o Estado, o que o credencia para pleitear uma vaga na chapa majoritária na disputa para o Governo do Estado.

 

“Processo sucessório está sendo intensificado”

“Entendo que o processo sucessório estadual está sendo intensificado, mesmo com os políticos em recesso parlamentar. É natural que nesse período os agentes políticos reúnam-se nas casas de veraneio para dialogar e definir sobre nomes que formarão as chapas com vistas a disputa pelo Governo do Estado e pelas Casas Legislativas”, disse o vereador, lembrando que tudo deve estar definido até as convenções partidárias que ocorrerão até o meio do ano.

No PMDB, o vereador do PROS acredita que o nome provável para disputar a vaga atualmente ocupada por Rosalba Ciarlini é o do deputado Henrique Eduardo, mas ele lembra também que pelas observações que está tendo, não está descartado o nome do empresário Fernando Bezerra.

O vereador Chagas Catarino, que tem atuação política em diversas comunidades da capital, principalmente, Cidade Nova, Nazeré, Bom Pastor e Nova Natal, conclui lembrando que a oposição conta com outros nomes, que segundo ele, também qualificam a disputa, caso decidam por um cargo majoritário. Ele cita a vice-prefeita Wilma de Faria, do PSB, o vice-governador Robinson Faria, do PSD, o deputado João Maia, do PR, a deputada Fátima Bezerra ou o deputado Fernando Mineiro, ambos do PT.

“São nomes fortes e com serviços prestados ao Rio Grande do Norte que poderão participar do pleito majoritário ou compor a chapa proporcional nas eleições deste ano numa aliança das oposições forte e representativa”, avalia o vereador Chagas Catarino, considerado “vereador das comunidades”, pelo trabalho efetivo que desenvolve, principalmente no setor esportivo, dando apoio e incentivando a prática do futebol nos bairros da capital. (JP)

Compartilhar: