Vereadora mais votada, Amanda Gurgel abre mão de disputar eleição de 2014

Alçado ao status de celebridade após um vídeo criticando o baixo salário dos professores, a "professorinha" Amanda Gurgel se candidatou pela primeira vez em 2012

67I976895

A vereadora do PSTU, Amanda Gurgel, fez história. Contudo, para evitar que essa história tenha um ponto negativo, ou seja, uma eventual derrota no pleito eleitoral deste ano, a parlamentar municipal decidiu que não vai se candidatar nas eleições de 2014. Ou seja: está fora da disputa pelo Governo, pelo Senado e, até, pela Câmara Federal ou Assembleia Legislativa.

O comunicado foi feito em entrevista ao programa Jornais das Seis, da 96 FM. A intenção do PSTU é lançar o sempre candidato Dário Barbosa, lançado para o cargo de deputado estadual. A sindicalista Simone Dutra, coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sindsaúde), será nome lançado para o Governo do Estado.

Alçado ao status de celebridade após um vídeo criticando o baixo salário dos professores, a “professorinha” Amanda Gurgel se candidatou pela primeira vez em 2012 e bateu o recorde de mais votada para a Câmara Municipal. Foram 33 mil votos e, com o coeficiente eleitoral conseguido por ela, foi possível levar para a Casa Legislativa, também, os candidatos do então aliado, PSOL, Sandro Pimentel e, até, Marcos Antônio, que havia obtido cerca de 500 votos, apenas.

Com tamanha popularidade e tendo conquistado a primeira vaga de um partido de “esquerda” na Câmara Municipal de Natal, Amanda Gurgel, comentava-se, estava sendo trabalhada nos bastidores do partido para ser candidata a deputada federal. O problema é que, no Rio Grande do Norte, o PSTU só existe em Natal e em Umarizal.

Por isso, dificilmente, a sigla conseguiria votos para que, no coeficiente eleitoral, conseguisse eleger, pelo menos, um nome nesta eleição, ainda mais se for mesmo para a disputa de forma solitária e isolada, ou seja, sem a ajuda do PSOL. O plano de Senado, também, estaria prejudicado, pela falta de sedes partidárias no interior e pela pouca idade da vereadora.

Compartilhar:
    • Manoel Marques Dantas

      Quem tem medo de eleição significa que não construiu nada para ser reconhecida como tal pelo povo de Natal.