Vereadores contra desconto dos salários dos servidores da saúde‏

Conselho Municipal de Saúde reúne-se nesta quinta, às 14h, para discutir a greve dos servidores e o desconto nos salários

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (01), a Câmara dos Vereadores do Natal aprovou um requerimento em repúdio ao desconto dos salários dos servidores que participaram da greve da saúde. O requerimento 1264/2014, apresentado pela vereadora Amanda Gurgel (PSTU), foi aprovado por consenso. O Sindsaúde solicitou ainda a intermediação dos vereadores junto à Prefeitura.

Nesta quinta (03), às 14h, o Conselho Municipal de Saúde também irá debater o desconto nos salários e poderá aprovar uma resolução sobre o assunto. A reunião ordinária do conselho irá discutir a greve dos servidores, o desconto, pontos negociados e a possibilidade de retorno do movimento, suspenso por ordem judicial durante a Copa do Mundo.

Os servidores da saúde sofreram descontos de até R$ 500 nos salários deste mês, referente aos dias parados de maio. No próximo mês, está previsto um desconto ainda maior, referente a 12 dias da greve de junho.

Para o Sindsaúde, a medida é uma perseguição do governo, para amedrontar a categoria. “Nossa greve não foi declarada ilegal e nem abusiva. Não há motivos para cortar o ponto, a não ser tentar nos intimidar”, declarou Célia Dantas, do Sindsaúde-RN. No dia 01, os servidores fizeram um panelaço em frente à Prefeitura, e solicitaram uma audiência com o prefeito Carlos Eduardo Alves.

Compartilhar: