Vereadores aprovam “Segunda do Peixe” para melhorar merenda escolar

Projeto não trará qualquer custo aos cofres municipais, já que será feita apenas uma substituição no cardápio convencional

Sessão_Ordinária_CMN_-_Foto_ELPÍDIO_JÚNIOR_(5)

Durante sessão ordinária realizada nesta quarta-feira (18), os parlamentares da Câmara Municipal de Natal aprovaram o projeto de lei “Segunda do peixe”, de autoria do vereador Bispo Francisco de Assis (PSB) – a matéria tem o objetivo de diversificar o cardápio das escolas municipais da capital potiguar. Conforme relatou o autor da proposição, “a ‘Segunda do peixe’ não trará qualquer custo aos cofres municipais, já que será feita apenas uma substituição no cardápio convencional”, finalizou.

Os representantes da Comissão de Educação, Cultura e Desporto se abstiveram da votação, por entenderem que o assunto não deveria ser tratado como Projeto de Lei, mas, sim, via requerimento. Segundo a vereadora Amanda Gurgel (PSTU), “não entro no mérito da proposição, que é louvável, mas existe uma série de fatores que interfere no projeto, como a sazonalidade do alimento”, explicou.

Durante a mesma sessão ordinária foi apreciado, em primeira votação, o projeto de lei que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias do Município para o exercício 2015. De acordo com o detalhamento do presidente da Comissão de Finanças, Orçamentos e Fiscalização da Casa do Povo, Maurício Gurgel (PHS), foi dado um prazo aos demais vereadores até as 10h da próxima quarta-feira para que sejam apresentadas as respectivas emendas ao texto original do PL, pois, na sequência, está marcada reunião extraordinária da Comissão para analisar as proposições. “O nosso objetivo é finalizar a votação até a próxima quinta-feira quando está agendada a última sessão plenária antes do recesso parlamentar, marcado para o próximo mês de julho”, finalizou.

PO vereador Jacó Jácome (PMN) afirmou que já possui emendas preparadas para entregar à comissão na próxima semana, especialmente na área da juventude. “Nosso mandato tem o perfil jovem, vamos lutar para conseguir emendas relativas a projetos de alcance social, como a conscientização do combate às drogas desde o ensino básico”, assegurou.

Compartilhar:
    Publicidade