Ações da Magazine Luiza chegam a subir 7,8% após polêmica com Mainardi

Luiza Trajano rebateu críticas do apresentador na TV e ganhou o apoio de internautas

Luiza e Mainardi: discussão na TV sobre a saúde da economia. Foto:Divulgação
Luiza e Mainardi: discussão na TV sobre a saúde da economia. Foto:Divulgação

As ações da rede de varejo Magazine Luiza, a terceira maior do País, chegaram a disparar 7,81% desde a abertura do pregão da última segunda-feira (20). Nesta quinta-feira (23), elas fecharam com alta de 5%, a R$ 8,60. A guinada aconteceu logo após a polêmica entre a dona da empresa, Luiza Trajano, e o apresentador e jornalista Diogo Mainardi.

A empresária rebateu a afirmação de Mainardi, no programa Manhattan Connection, de que o varejo brasileiro estaria em crise e que o nível de inadimplência teria subido em 2013. O programa foi ao ar na noite de domingo (19), pela Globo News.

“A inadimplência está totalmente sob controle (…). Nunca tivemos um índice de inadimplência tão bom como agora”, disse Luiza, em tom indignado. E cumpriu a promessa de enviar, por email, dados do IDV (Instituto do Desenvolvimento do Varejo) atestando que o varejo vai muito bem, obrigada.

Mainardi havia perguntado, segundos antes, quando a empresária venderia as lojas de sua rede para a americana Amazon. Os dados do IDV apontam para uma expansão de 5,9% do setor em 2013 e geração de 531 mil empregos na economia do País.

A discussão repercutiu nas redes sociais ao longo da semana, com forte apoio a Luiza. ”Você lavou minha alma”, escreveu um seguidor. “É preciso muita energia positiva pra se livrar do mau olhado do Mainardi que acha que tudo está sempre mal”, ironizou outro comentário.

Desde o primeiro pregão do mês na Bolsa, os papéis da Magazine Luíza tiveram valorização de 18% até esta quinta-feira.

Compartilhar: