VISITA

Depois de dar um tiro de canhão na imagem da ex-governadora Wilma de Faria com a condenação do filho Lauro,…

Depois de dar um tiro de canhão na imagem da ex-governadora Wilma de Faria com a condenação do filho Lauro, o deputado federal Henrique Alves marcou para visitá-la e prestar solidariedade. Quer conferir de perto o estrago. Henrique é um profissional.

EFEITO
Para quem pensou que a condenação de Lauro e a exploração, por adversários políticos, iria provocar um efeito de recuo nos planos políticos de Wilma, enganou-se integralmente. A mulher de José Maurício é movida a desafios e acostumada a contrariar a lógica. Quem conversou com ela ontem, sentiu que a motivação para uma candidatura majoritária só aumentou.

CENÁRIO
Wilma sabe que o cenário da sucessão de Rosalba é escasso de nomes competitivos com coragem para disputar. Diante disso, segue com sua candidatura majoritária, agora com foco mais forte no Governo do Estado. A Guerreira vai tentar se fortalecer ainda mais, de forma que seu nome tem que ser levado em consideração por qualquer grupo que queira disputar o pleito de 2014. Para sair da disputa pelo Governo, Wilma aceita ser candidata ao Senado, desde que seja em uma chapa forte e com risco mínimo.

DESISTÊNCIA
O prefeito Carlos Eduardo desistiu definitivamente de uma possível candidatura ao Governo do Estado. O motivo maior de sua decisão tem nome e sobrenome: Wilma de Faria. Na conversa que manteve com a mãe de Lauro, o filho de Agnelo foi desestimulado a deixar a Prefeitura. Ela foi mais adiante e disse que, se ele sair para ser candidato, Natal poderá ter nova eleição porque ela não assume.

ANÚNCIO
Carlos Eduardo comunicou sua desistência em reunião política com seus correligionários do PDT. Em contato com o jornalista mossoroense Carlos Santos, o presidente do PDT de Mossoró, Rútilo Coelho, confirmou: “Ele disse que não há qualquer hipótese de sair da Prefeitura do Natal. Não ficaria bem e pretende completar sua missão”. Naturalmente que o filho de Agnelo não disse que o real motivo é a negativa de Wilma em assumir a Prefeitura e apoiar sua candidatura.

CAMPANHA
A curta campanha da eleição de Mossoró, apresenta situações de absoluta incerteza. Basta ver o seguinte: caso a deputada Larissa Rosado consiga reverter sua inelegibilidade no TSE, sua condição de favoritismo se materializa e muda o quadro; caso Cláudia Regina consiga no TSE, reverter sua cassação e volte ao cargo, muda tudo.

MÁQUINA
O Governo Federal manda caminhões e retroescavadeiras para o interior do RN, com atraso gigantesco diante do estrago que a seca provocou. Quem participa da entrega do material é o ministro da Previdência, Garibaldi Filho e a deputada do PT, Fátima Bezerra. Tudo a ver.

AUDITORIA
Rosalba Ciarlini entra no seu último ano de gestão com anúncio de quem está começando: vai realizar uma auditoria na folha de pagamento dos servidores públicos, ao custo de R$ 1 milhão e 300 mil.

CAIXA 2
A revista Isto é chega às bancas com uma matéria sobre o Caixa 2 do DEM potiguar, que envolve a governadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino. Reforça o desgaste da dupla Democrata no país e enfraquece ainda mais Rosalba, que precisa do respaldo do TSE para segurar a cadeira de governadora.

PRIVILÉGIOS
O Colégio de Procuradores do Ministério Público do RN nunca foi tão citado pela mídia. Infelizmente, um grupo que poderia ter um realce mais elevado, já que é formado pela elite do MP, só aparece para cobrar manutenção de cargos e contestar o procurador-geral por medidas que combatem privilégios.

DENÚNCIA
Para oficializar sua insatisfação com as atitudes do procurador-geral Rinaldo Reis, o Colégio de Procuradores denunciou o procurador-geral ao Conselho Nacional do Ministério Público. Uma briga pequena, por cargos e recursos, expõe a instituição de forma negativa. Lamentável a atitude do Colégio de Procuradores.

AMIZADE
A morte de Reginaldo Rossi entristeceu a todos; mas há um natalense que sofreu um pouco mais: o jornalista Enio Sinedino, proprietário da 96 FM. Enio mantinha uma amizade antiga com o cantor pernambucano e tomou conhecimento de seu falecimento antes da divulgação pela mídia.

FÉ NA VIDA
Por falar em Enio Sinedino, o jornalista anuncia que em 2014, a 96 FM vai abrir espaço para um segmento que tem crescido bastante na comunicação de massa, o religioso. No dia 7 de janeiro, estréia, na 96, o programa Fé na Vida, que será apresentado pelo popular Padre Nunes, das 9 às 10h da manhã e terá participação do público. A atração será nos moldes do que já ocorre hoje com Padre Marcelo Rossi e Padre Reginaldo Manzotti; a diferença é que Padre Nunes vai falar com gente daqui.

Compartilhar: