Vítima recebe fotos íntimas de ladrões que teriam furtado seu smartphone

No total, Victoria recebeu cerca de 26 fotos e um vídeo íntimo em sua conta no serviço de armazenamento

Supostos ladrões teriam usado o celular furtado de uma americana para tirar fotos íntimas. Foto: Divulgação
Supostos ladrões teriam usado o celular furtado de uma americana para tirar fotos íntimas. Foto: Divulgação

A americana Victoria Brodsky, 39, teve seu smartphone furtado em Nova York (EUA) e, uma semana após o incidente, passou a receber fotos íntimas dos supostos ladrões (um homem e uma mulher).

De acordo com o site “NY Daily News”, Victoria mantinha ativado no celular um recurso que envia, automaticamente, as fotos e vídeos criados no aparelho para um servidor. O caso aconteceu em agosto de 2013, mas só foi divulgado nesta sexta-feira (17).

No total, Victoria recebeu cerca de 26 fotos e um vídeo íntimo em sua conta no serviço de armazenamento, entre os meses de agosto e setembro do ano passado.

Segundo a vítima, quando ela foi registrar o incidente, os policiais não acreditaram que ela havia sido furtada. Isso porque ela alegou não ter visto ninguém suspeito mexendo em sua bolsa – de onde o aparelho desapareceu. A polícia então acreditou tratar-se apenas de uma perda.

Em entrevista ao portal, Victoria disse que já havia desistido de recuperar seu Samsung Galaxy S3. No entanto, o aparecimento das fotos fez com que ela voltasse a procurar os ladrões, que ainda não foram identificados.

 

Fonte: Uol

Compartilhar:
    Publicidade