Viver a los 27 – Alex Medeiros

Lionel Messi festejou ontem, com dois golaços, o aniversário de 27 anos transcorrido no dia anterior, data também dedicada a…

Lionel Messi festejou ontem, com dois golaços, o aniversário de 27 anos transcorrido no dia anterior, data também dedicada a São João. Talvez por isso, o primeiro gol explodiu rápido, numa bomba aos 3 minutos; e no segundo, a bola que caiu como um chuvisco.

A imprensa mundial registrou o natalício do craque com efusivo material sobre sua carreira. A torcida hermana que invadiu Porto Alegre exibiu cartazes com desejos de felicidade e gols. Messi chegou aos 27 anos estabelecendo 27 recordes. Vamos a eles.

1) Com os dois gols na Nigéria, ele tem agora 42 com a camisa da Argentina, abaixo apenas de Gabriel Batistuta, que fez 56. 2) São 4 Bolas de Ouro, um fato inédito. 3) Marcou 91 gols em apenas um ano, 2012, superando marcas de Gerd Müller e Pelé.

4) Pela seleção alviceleste, marcou 12 gols num só ano, também 2012, um feito exclusivo. 5) Acumula 23 títulos, deixando para trás lendas como Di Stéfano e Maradona. 6) Único desportista nomeado personalidade do ano na revista TIME, 2011.

7) É também o único jogador da história a conquistar numa mesma temporada os quatro prêmios mais importante em nível individual: Bola de Ouro, FIFA World Player, Chuteira de Ouro e Troféu Pichichi de artilheiro da Liga Espanhola de Futebol.

8) Maior goleador da Champions League em uma única partida, quando marcou cinco vezes contra o Bayer Leverkusen em março de 2012. 9) O jogador mais jovem da seleção da Argentina numa Copa do Mundo, em 2006, com 18 anos, 11 meses, 23 dias.

10) O maior artilheiro da história do Barcelona, com 354 gols em 425 jogos. 11) Marca quase insuperável de 21 partidas seguidas fazendo gols, entre 2012 e 2013. 12) Primeiro jogador a conquistar três vezes o Troféu Pichichi de artilheiro da Liga Espanhola.

13) Carrasco de todas as equipes de “La Liga” em uma temporada (2012/2013), igualando a marca de Cristiano Ronaldo. 14) Marcou 50 gols em uma mesma temporada, 2011/2012. 15) Maior artilheiro do duelo Real Madrid x Barcelona, 21 gols.

16) Segundo maior artilheiro da história do futebol espanhol, a 8 gols de superar a marca de Telmo Zarra. 17) Na temporada 2011/2012, tornou-se o único jogador a marcar oito hat-trick (três gols num jogo). 18) Maior artilheiro da UEFA, 67 gols.

19) Em 2011/2012, foi também o maior assistente com 15 passes a gol. 20) A imprensa mundial o batizou de “Quinto Elemento” para inseri-lo no grupo de gênios imortais com Pelé, Di Stéfano, Cruijff e Maradona. 21) O jogador mais valioso da história do futebol.

22) Goleador máximo da AFA com as seleções titular, sub-23 e sub-20, com 58 gols. 23) Artilheiro a marcar no maior número de cidades da Europa em todos os tempos. 24) Jogador estrangeiro a fazer mais gols na Espanha, superando Di Stéfano, Kubala, Hugo Sanchez, Ronaldo e Romário. 25) Primeira argentino a fazer 3 gols no Brasil, em 2012.

26) Maior artilheiro em jogos internacionais durante um ano, 25 gols em 2012. 27) Na partida contra a Nigéria pela Copa 2014, fez 118 passes certos, superando marca de Iniesta na Copa 2010. 27) Superou Maradona em gols de jogos oficiais, 395 x 345.

Com a Copa no Brasil, Lionel Messi corre atrás de mais alguns recordes: igualar Maradona na conquista de um mundial; marcar gols em todas as partidas, juntando-se a Jairzinho (1970); ser o artilheiro de uma Copa do Mundo. Mas, aí são outros 30. (AM)

Ranking FIFA

Com os 100% de aproveitamento na primeira fase da Copa e um ataque de 9 gols, a seleção da Colômbia salta nesse momento para a 1ª posição do ranking, com 1.449 pontos. A Espanha, eliminada, desceu para a 5ª colocação, agora com 1.229 pontos.

100%

A França perdeu a chance de atingir os 9 pontos na primeira fase e juntar-se às seleções 100% até agora, Holanda, Colômbia e Argentina. Em compensação, os homens da FIFA decidiram eleger Karin Benzema o melhor atacante do torneio nesse período.

Dobradinha

A imprensa da Catalunha publica hoje que a contratação do uruguaio Luís Suarez pelo Barcelona está praticamente concluída. O time atual do artilheiro, o Liverpool, ainda não se manifestou. O Barça quer unir o faro goleador de Luizito ao de Messi.

Gol de falta

Fazia 32 anos que a seleção da Argentina não marcava um gol de falta numa Copa do Mundo. Antes do segundo gol de Messi na Nigéria, o lateral Passarella (único argentino bicampeão mundial) marcou contra a Itália na Copa 1982, na derrota por 2 x 1.

Roubo

O narrador do canal Fox Sports, Marco de Vargas, postou em seu Twitter que foi roubado dentro de um “restaurante conhecido” de Natal. Disse o jornalista: “Para quem se interessou, sim, furtaram a minha mochila com pertences e eletrônicos”.

Audiência

O bordão é verdadeiro: quem torce, distorce. O pachequismo cega até a imprensa, que danou a falar do fenômeno da Copa nos EUA, quando em verdade o que houve foi um recorde em só dois canais de TV: a ESPN e a Univision (da comunidade hispânica).

Convenção

Na convenção nacional do PSD, o vice-governador do RN, Robinson Faria, falou em nome dos seus homólogos e saudou a presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloizio Mercadante. O Auditório Nereu Ramos, na Câmara Federal, esteve lotado.

Costa Rica

Robinson foi cumprimentado por Dilma, que lhe desejou sucesso na campanha eleitoral e fez um comentário futebolístico de estímulo em relação a uma pesquisa que o coloca atrás de Henrique Alves (PMDB): “vá em frente, lembre-se da seleção da Costa Rica”.

Rejeição

Lendo os sempre precisos comentários do blogueiro Gustavo Negreiros, chegamos a uma velha constatação que ressurge em anos eleitorais. Cada político tem um instituto generoso para esconder as aferições de rejeição. Como querer credibilidade, assim?

Gracejos

Na convenção do PT, Dilma disse a certo momento, “Cadê o lindinho? Traz o lindinho pra cá!”, numa referência a Lindbergh Farias. Aí, alguém chamou Delcídio Amaral. “Me chamou, presidenta?” Resposta: “Chamei o lindinho, você é o engraçadinho”.

Compartilhar:
    Publicidade