Avó amarra neto em ponto de ônibus e perde guarda da criança

Menino de nove anos sofre de paralisia cerebral e epilepsia e ficava acorrentado ao ponto enquanto a avó trabalhava na rua

Morador de rua, a criança vivia com sua avó, que deixava o menino preso, enquanto trabalha fazendo comércio na beira da estrada. Foto: Divulgação
Morador de rua, a criança vivia com sua avó, que deixava o menino preso, enquanto trabalha fazendo comércio na beira da estrada. Foto: Divulgação

Imagens de um menino de nove anos acorrentado a um ponto de ônibus, na Índia, causaram a indignação da população local. Morador de rua, a criança vivia com sua avó, que deixava o menino preso, enquanto trabalha fazendo comércio na beira da estrada. As informações são do ABC News.

Divulgadas na última semana, as fotos foram clicadas em Mumbai. A criança, que tem paralisia cerebral e epilepsia, não consegue nem falar e nem ouvir. Segundo a avó, amarrá-lo no ponto de ônibus é uma maneira de impedir que ele fuja.

As autoridades locais agiram, depois que as fotos foram divulgadas. Hoje, a avó do garoto, que sobrevive vendendo brinquedos e guirlandas de flores na rua, perdeu a guarda da criança e o garoto foi levado a um abrigo.

Fonte: Terra

Compartilhar: