Você sabe quais os smartphones usados pelos grandes líderes mundiais?

Jornal britânico faz um breve levantamento dos aparelhos adotados por alguns dos homens e mulheres mais poderosos e influentes do mundo

U56U5U5SS

A BlackBerry ganhou grande notoriedade no mundo empresarial devido aos seus recursos voltados para esse nicho de mercado. Outro ambiente no qual os aparelhos da marca sempre foram muito bem vistos é no setor governamental.

Como levantado pelo jornal The Guardian, vários líderes mundiais já foram flagrados com gadgets da fabricante canadense. Os gadgets da empresa costumam ser adotados pelas autoridades, com base em indicações de suas respectivas agências de segurança, devido às suas proteções e dificuldades impostas para tentativas de invasão por parte de hackers e agências de espionagem de outras nações.

Contudo, a concorrência anda de olho e começa a se movimentar para também abocanhar uma “fatia desse bolo”. O que é uma péssima notícia para a BlackBerry, que anunciou recentemente um balanço financeiro negativo registrando um prejuízo de US$ 5,8 bilhões.

Uma dessas empresas é a Apple, que busca seu espaço nesse segmento implementando melhorias consideráveis de segurança no iPhone. A Maçã inclusive já tomou o lugar da BlackBerry em algumas companhias famosas, como Goldman Sachs, Pfizer, Yahoo! e Halliburton, e agora visa roubar a afeição de políticos.

Mas ela não é a única. Um dos líderes mundiais que notoriamente utiliza um BlackBerry é Barack Obama, presidente dos EUA. Porém, a empresa canadense pode estar perdendo seu principal “garoto-propaganda”. Isso porque a Agência de Comunicações da Casa Branca relatou recentemente estar testando telefones da Samsung e LG , fazendo com que Obama migre para o Android.
OS TELEFONES PRESIDENCIAIS

Aproveitando o gancho, o periódico britânico foi atrás das escolhas de outros homens e mulheres poderoso ao redor do mundo. Angela Merkel, a chanceler alemã, por exemplo, possui um Nokia 6260 Slide (aparelho que teria sido monitorado pela NSA no ano passado) para debater temas partidários e um BlackBerry Z10, dotado de um chip de encriptação da Secusmart, para assuntos de estado.

TRHRTHRTHQAQ

François Holland, atual presidente da França, também esbanja dois aparelhos: um iPhone 5 de uso pessoal e um Teorem, aparelho ultrasseguro, para tratar de assuntos governamentais. Nicolas Sarkozy, seu antecessor, era adepto de gadgets da BlackBerry. O primeiro-ministro do Paquistão, Nawaz Sharif, é outro líder adepto da marca com o seu BlackBerry Bold — embora ele já tenha sido visto com aparelhos da Samsung e Apple nas mãos, os quais seriam de alguns de seus assessores.

Indo mais para o oriente, Vladimir Putin, presidente da Rússia, alega não ter um celular pelo simples fato de que se tivesse um ele não pararia de tocar. O chefe de estado russo tem declaradamente aversão a esse tipo de equipamento, o que pode estar ligada à sua preocupação com segurança adquirida após trabalhar para a KGB. Ele também evita usar a internet para se comunicar, preferindo obter informações por meio de relatórios redigidos por suas agências de inteligência.

65U6U67I7

 

Fonte: Tech Mundo

Compartilhar:
    Publicidade