Walter Alves critica falta de investimentos no setor de segurança pública do RN

Walter é autor da PEC Segurança que obriga o governo a investir 9% em segurança, essa PEC foi aprovada no final de 2013 e tem validade já no orçamento deste ano

Walter é autor da PEC Segurança que obriga o governo a investir 9% em segurança. Foto:João Gilberto
Walter é autor da PEC Segurança que obriga o governo a investir 9% em segurança. Foto:João Gilberto

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira(12), o deputado Walter Alves(PMDB) demonstrou preocupação com as declarações do ex-secretário de segurança do RN, Aldair Rocha que em entrevista aos jornais locais afirmou que no ano e 2013 o investimento do Governo do RN com a segurança foi zero.

“As palavras do secretário são fortes, ele afirma que não houve investimentos na área da segurança nos últimos três anos. Ele foi enfático ao dizer que o investimento foi zero. O que a população pode esperar desse governo é isso que presenciamos todos os dias: um desastre administrativo. O ex-secretário Aldair era bem intencionado, mas não conseguiu fazer um bom trabalho por falta de condições”, disse Walter.

Walter é autor da PEC Segurança que obriga o governo a investir 9% em segurança, essa PEC foi aprovada no final de 2013 e tem validade já no orçamento deste ano. “Com a PEC em vigor vamos poder fiscalizar, e caso o governo não aplique 9% do orçamento em segurança a gestora responderá por crime de responsabilidade”, afirmou Walter.

Em aparte o deputado Nelter Queiroz (PMDB) afirmou que o atual governo é um descaso. “A Rede Globo mostrou ontem e hoje a cadeia pública de Macau, os presos no corredor amarrados com corda. Não será a troca de secretário que vai resolver o problema de segurança, se não houver investimento tudo ficara do mesmo jeito. Em Jucurutu a polícia tem que andar 100km para abastecer o carro, o abastecimento é feito em Caicó. O que se vê são assaltos tanto no interior como na capital”, disse.

A deputada Márcia Maia (PSB) também aparteou dizendo que a segurança está um caos em todo o RN. “Essa gestão não é comprometida, falta efetivo policial, existem 824 policiais esperando convocação e mesmo que eles forem chamados o número ainda não é eficiente. Não adianta mudar o secretário se o pensamento da governante é o mesmo”, discursou Márcia.

O parlamentar Gustavo Fernandes (PMDB) disse que o atual governo foi eleito em primeiro turno e o povo sentia uma esperança de dias melhores, o que não foi comprovado. “É lamentável essa atual administração”.

O deputado Leonardo Nogueira( DEM) parabenizou Walter pela PEC da Segurança e afirmou que a situação da segurança pública é vexatória.

Já o deputado Kelps Lima (Solidariedade) afirmou que os pronunciamentos para relatar o caos da segurança pública são recorrentes na Casa, lembrou que recentemente em Mossoró foram encontrados mais de 1 milhão de matérias encaixotados para uso do ITEP. “Eu espero estar errado mais o secretário nomeado veio cuidar única e exclusivamente da Copa e garantir que não haja atentado terrorista durante os jogos. O interior vai continuar como estar”.

Para o deputado Hermano Morais( PMDB) tudo indica que houve uma intervenção branca na pasta de segurança pública. “A população é vítima da falta das condições de trabalho da polícia. O secretário Aldair era bem intencionado, mas não foi dada as condições de trabalho”.

O deputado George Soares(PR) lembrou que na sua região do Vale do Açu a agência do Banco do Brasil da cidade de Alto do Rodrigues foi explodido na semana passada, e que a agência os Correios da cidade de São Rafael foi assaltado três vezes em uma semana. “A situação é grave a sociedade questiona o excesso de erros do governo”.

Ao final dos pronunciamentos foi convocada a ida do novo secretário de segurança, Elieser Girão Monteiro na Assembleia Legislativa para apresentar as soluções para segurança do RN.

Compartilhar:
    Publicidade