Weidman recebe 500 mil a menos que A.Silva, mas multiplica salário por oito

Nessa sua segunda vitória sobre Anderson Silva, Chris Weidman recebeu um salário nominal de US$ 400 mil

Lutador passará a ser um dos mais bem pagos no UFC. Foto:Divulgação
Lutador passará a ser um dos mais bem pagos no UFC. Foto:Divulgação

A vida de campeão do UFC começa a render frutos financeiros para Chris Weidman. Depois de ganhar um valor irrisório de US$ 48 mil, incluindo o bônus pela vitória, ao derrotar Anderson Silva em julho passado e tomar o cinturão dos pesos médios, o norte-americano viu seu salário multiplicar mais de oito vezes.

Agora, seus dividendos estão no devido patamar dos campeões do Ultimate, mas ainda um pouco abaixo de caras como Jon Jones ou Georges St-Pierre. Mas ele já fez tanto dinheiro quanto veteranos, como Rashad Evans ou Chael Sonnen.

Nessa sua segunda vitória sobre Anderson Silva, Chris Weidman recebeu um salário nominal de US$ 400 mil (US$ 200 mil de bolsa e mais US$ 200 mil de bônus pela vitória), sem contar o percentual de venda de pay-per-view nos EUA, valor que nunca é revelado.

Mesmo com a derrota, o brasileiro recebeu a mesma bolsa da última luta, quando também perdeu para o norte-americano. E o seu contra-cheque será razoavelmente maior que o do campeão – a conta do Spider está US$ 600 mil mais gorda nesta segunda-feira.

O segundo maior salário do UFC 168, do último sábado, foi da campeã feminina peso galo Ronda Rousey. Ela recebeu um total de US$ 200 mil sendo: US$ 50 mil de bolsa, US$ 50 mil de bônus pela vitória, US$ 50 mil de bônus de finalização da noite e US$ 50 mil de bônus de luta da noite.

Fonte:UOL

Compartilhar: