Willian substitui “papai” Oscar em treino e deve ser titular em amistoso

Meia do Chelsea foi liberado para acompanhar o nascimento da filha Júlia, no interior de São Paulo, e foi substituído pelo companheiro de clube inglês no último treinamento antes do amistoso contra a Sérvia

Willian e Thiago Silva devem sair jogando contra Sérvia.  Foto: Divulgação
Willian e Thiago Silva devem sair jogando contra Sérvia. Foto: Divulgação

Sem mistério, o técnico Luiz Felipe Scolari definiu o meia Willian como o substituto natural do meia Oscar no último treinamento antes do amistoso contra a Sérvia, nesta sexta-feira, em São Paulo, no Estádio do Morumbi. Na Granja Comary, em Teresópolis, Felipão escolheu aquele que é tido como o 12º jogador da Seleção Brasileira e que vem ganhando cada vez mais espaço no time.

Titular da equipe campeã da Copa das Confederações, Oscar foi liberado para acompanhar, ao lado da mulher Ludmila, o nascimento da filha Júlia, em Americana, no interior de São Paulo. Ele foi liberado no final da noite de quarta e desceu para o Rio de Janeiro – de onde partiu para o interior paulista.

Willian, ao que tudo indica, deve ser o titular do último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo, uma vez que não se sabe se Oscar terá condições de jogo por não ter participado do último treino. Ele deve se integrar ao time apenas no domingo, quando a Seleção retorna para Teresópolis.

Willian ganha espaço num momento crucial, em que vem mostrando franca evolução e ganhando cada vez mais confiança de Felipão, ao passo que Oscar, recuperando-se de lesão, não está no mesmo ritmo do companheiro de Chelsea.

Oscar vê no nascimento da filha motivação extra para a Copa

No treinamento coletivo desta manhã, Scolari ainda promoveu os retornos do zagueiro Thiago Silva e do volante Paulinho ao time titular – eles ficaram de fora da goleada contra o Panamá, na última terça-feira, poupados pela comissão técnica, e substituíram Dante e Ramires, respectivamente.

Outra novidade também deste treino foi o fato de Victor ter composto o time reserva no lugar de Jefferson, que vem sendo a segunda opção de goleiro do treinador da Seleção. Júlio César defende normalmente o gol do time titular.

A sessão de treinamento na Granja Comary começou às 10h15, quando os goleiros, como sempre, foram os primeiros a pisarem no gramado principal. Quinze minutos depois, os jogadores apareceram. Neste meio tempo, Felipão e o auxiliar Carlos Alberto Parreira colocaram a mão na massa e ajudaram a mover os gols mais ao centro do campo, já que o coletivo se realiza em espaço reduzido.

Fonte: Terra

Compartilhar: