Wilma de Faria: “Pesquisa indicará os rumos políticos de 2014”

Wilma não revela o projeto dela para 2014. Poderá ser candidata ao governo do Estado, ou ao Senado

“É um estímulo a continuar na vida pública, e tomar a decisão na hora certa". Foto:Divulgação
“É um estímulo a continuar na vida pública, e tomar a decisão na hora
certa”. Foto:Divulgação

O resultado da pesquisa Consult, divulgada nesta sexta-feira por um portal de notícias do estado, revela que se a eleição tanto para governador quanto para senador da República fosse hoje, a ex-governadora e presidente estadual do PSB, Wilma de Faria, seria eleita. “O resultado da pesquisa é o retrato do momento. Recebo com muita humildade e alegria. Vejo o reconhecimento da população ao nosso trabalho”, afirma Wilma, que aponta que a pesquisa indica rumos para as eleições do ano que vem, quando ele deverá decidir entre disputar o governo do Estado ou o Senado. Ela também
diz que as pesquisas são “um estímulo a continuar na vida pública”.

De acordo com a Consult, para o governo a ex-governadora venceria com 39,29% dos votos dela, contra 32,65% do ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB). Na disputa pelo Senado, Wilma teria 39,59% dos votos, contra 37,53% da deputada federal Fátima Bezerra (PT). Wilma também venceria nos confrontos com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), com placar de 39,35% contra 18,59%.

Segundo Wilma, a pesquisa é um instrumento para que ela possa retomar, após a pausa natural de fim de ano, os contatos diretos com a população do Estado. A decisão quanto a que projeto investir, no entanto, ela só deverá acontecer dentro de 60 dias, em março de 2014. “É lógico que a pesquisa é importante porque indica rumos, mas, como eu disse, nós estamos visitando o Estado todo, percorremos mais de 65% dos municípios, conversando com os militantes do PSB, com outros partidos e, ao mesmo tempo, procurando, a partir desse contato direto, tomar decisão a partir de março”, diz Wilma.

Wilma não revela o projeto dela para 2014. Poderá ser candidata ao governo do Estado, ou ao Senado. Nesse sentido, a pesquisa é altamente favorável á vice-prefeita, já que a pessebista venceria em ambas as candidaturas. “Por eu já ter tido a experiência do governo, a população tem dito que quer a minha volta. Não só no contato direto, como nas pesquisas”. Segundo Wilma, “a confiança é tão grande que mesmo a preferência sendo para governo, a gente sente que a preferência também é dada para o Senado”, afirma. “Graças
a Deus”, diz.

“É um estímulo a continuar na vida pública, e tomar a decisão na hora
certa. Chegar, junto aos companheiros, a um denominador comum, e partir para uma nova luta política em 2014”, continua a governadora, sem deixar de ressaltar o respeito que nutre em relação às demais candidaturas. “A pesquisa é um dado do momento, mas temos que respeitar os candidatos. A democracia nos faz participar e os demais candidatos merecem o nosso respeito”, afirmou.
Compartilhar: