Wilma vai à Brasília buscar “carta de alforria” para disputar Senado

Wilma de Faria deverá ser a candidata ao Senado na chapa encabeçada por Henrique para o Governo e João Maia pra vice

YUIK78P89P7846IO6

Joaquim Pinheiro

Repórter de Política

A presidente do PSB estadual, Wilma de Faria, atual vice-prefeita de Natal e postulante ao mandato de senadora nas eleições de outubro numa coligação com PMDB e PR, além de outras legendas menores, mas também importantes numa disputa eleitoral, vai a Brasília na próxima segunda-feira para receber a “carta de alforria” da cúpula partidária comandada pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, pré-candidato a presidente da República, para poder oficializar sua candidatura ao Senado na convenção partidária, integrando a coligação acima citada. Wilma de Faria vinha tendo problemas a partir do momento em que o nome dela foi citado para compor a aliança em formação, surgindo declarações contrárias às pretensões da ex-governadora sob a alegação de que Eduardo Campos, presidente nacional do seu partido, não a liberaria para ser candidata à senadora. Uma das razões expostas era a necessidade do candidato a presidente do PSB ter um palanque forte no Estado, daí a recomendação de que Wilma deveria ser candidata à governadora.

Aqui no Estado, também houve manifestações de correligionários defendendo o nome de Wilma de Faria para o Governo do Estado. Entre os adeptos do “Volta Wilma” estava o presidente eleito da Câmara Municipal, vereador Franklin Capistrano, segundo ele, por entender que existe um sentimento popular em todo o Rio Grande do Norte solicitando que a vice-prefeita de Natal seja candidata ao Governo do Estado. “Como integrante do partido, eu defendia o nome de Wilma para governadora, mas diante da liberação por parte da Executiva Nacional para ela ser candidata ao Senado, entendo que devemos apoiar esse projeto que é importante para o partido, para Wilma e para o Rio Grande do Norte, já que poderemos ter uma senadora competente, trabalhadora e com serviços prestados ao Estado”, disse Franklin Capistrano, que assumirá a presidência da Câmara Municipal a partir de janeiro de 2015.

CONVENÇÃO PARTIDÁRIA

Segundo uma fonte, de posse da liberação de Wilma de Faria pelo partido, que deverá ocorrer na próxima segunda-feira em Brasília, por decisão do presidente Eduardo Campos, a militância do PSB vai se mobilizar num trabalho de visitas a bairros de Natal para anunciar oficiosamente a candidatura da vice-prefeita de Natal ao Senado compondo uma aliança com aproximadamente 20 partidos. Paralelamente, a pré-candidata continuará participando de encontros regionais, reuniões e eventos políticos e sociais ao lado dos também pré-candidatos Henrique Eduardo (candidato a governador) e João Maia (candidato a vice-governador). A ex-governadora pretende também segundo a mesma fonte, trabalhar intensivamente manter a deputada Sandra Rosado na Câmara Federal e ampliar a bancada na Assembleia Legislativa, atualmente composta por Márcia Maia, Larissa Rosado e Luiz Antonio Faria (Tomba).

Compartilhar: