Wilma de Faria venceria qualquer um para o Senado ou Governo do Estado

Pesquisa Consult/Porta NoAr, apresenta vitória para ex-governadora

Wilma cresceu nas pesquisas mesmo com a condenação do filho por corrupção. Foto: Divulgação
Wilma cresceu nas pesquisas mesmo com a condenação do filho por corrupção. Foto: Divulgação

A imagem da ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, do PSB, parece que sentiu pouco a condenação do filho, Lauro Maia, a 16 anos de prisão por liderar um esquema de corrupção que desviou R$ 36 milhões durante a gestão dela. Afinal, nesta sexta-feira, o Instituto Consult divulgou uma nova pesquisa, em parceria com o Portal Noar, que apontou que ela está na frente tanto na corrida pelo Senado Federal, quanto pelo Governo do Estado.

Com isso, a ex-governadora praticamente sepulta a possibilidade de deixar a chapa majoritária para concorrer “apenas” a uma vaga na Câmara Federal. Wilma levou vantagem sobre todos os potenciais concorrentes ao Governo, o que inclui Fernando Bezerra (PMDB), Henrique Eduardo Alves (PMDB), Robinson Faria (PSD), Carlos Eduardo (PDT), Fernando Mineiro (PT) e da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

O mesmo aconteceu na disputa para o Senado, quando, baseado nos números da Consult, venceria a deputada federal Fátima Bezerra (PT) e, também, Henrique Eduardo Alves (PMDB).

Para o Governo, a concorrência mais apertada seria contra Garibaldi Alves Filho. Contudo, mesmo neste cenário, a ex-governadora venceria: 39,29% dos votos dela, contra 32,65% dele. Isso, por sinal, representa um crescimento da pessebista, que na pesquisa passada da Consult ficou “empatada” com o peemedebista.

O cenário mais difícil para a ex-governadora seria, justamente, para o Senado. Afinal, segundo a pesquisa, a vitória de Wilma estaria dentro da margem de erro: Wilma teria 39,59% dos votos, contra 37,53% de Fátima Bezerra. Contra Henrique, a folga da ex-governadora seria maior: 39,35% contra 18,59% do atual presidente da Câmara Federal.

 

OUTROS NOMES

Em cenários sem Wilma de Faria para o Governo, quem levaria vantagem seria o atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, do PDT, e o vice-governador Robinson Faria, do PSD. O chefe do Executivo natalense venceria Robinson e Rosalba, alcançando 34,5% dos votos. Ele não apareceu em nenhum cenário contra Wilma.

No caso do vice-governador, ele ganharia na disputa contra Fernando Bezerra, do PMDB, por 25,47% contra 15,47%. Esse cenário, de acordo com as especulações de momento, é o mais viável, com Wilma e Fátima competindo para o Senado.

Compartilhar:
    • valmir bezerra

      A pergunta que se faz é a seguinte: quem é o medíocre, o eleitor ou o politico corrupto que retornar ao poder após vários casos de escândalos noticiados na imprensa local e nacional