Zagueiro Breno divide prisão na Alemanha com presidente do Bayern de Munique

Uli Hoeness foi condenado a três anos e meio por fraude fiscal no clube

Uli Hoeness comandou o Bayern de Munique entre 2009 e 2014. Foto: Divulgação
Uli Hoeness comandou o Bayern de Munique entre 2009 e 2014. Foto: Divulgação

Breno, ex-zagueiro do São Paulo e do Bayern de Munique, ganhou um novo companheiro no presídio de Landsberg, na Alemanha. Também conhecido no mundo da bola, Uli Hoeness, ex-presidente do Bayern, começou a cumprir sua pena na manhã da última segunda-feira (2), de acordo com informações do site da revista Veja.

Depois de quatro anos no comando do clube, Hoeness foi condenado por fraude fiscal e poderá ficar preso por até três anos e meio.

Enquanto isso, o brasileiro Breno está em regime semiaberto por ter colocado fogo na própria casa em 2011.

Além de ter dirigido o clube, Hoeness também já entrou em campo para defender o Bayern de Munique, de 1970 a 1979. Aos 62 aos, o ex-presidente da equipe alemã chegou ao presídio sem usar a entrada principal e evitou o contato com a imprensa.

Fonte: R7

Compartilhar: