Zico será tema de enredo da escola de samba Imperatriz Leopoldinense

Cahê Rodrigues, carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, espera conquistar o carnaval do Rio com a nota 10

thtrhrthrhrhr

O ex-camisa 10 do Flamengo e da Seleção Brasileira, Zico, é o time do enredo da Imperatriz Leopoldinense, escola pela qual desfilará diante de 70 mil espectadores no Sambódromo do Rio de Janeiro. Para que a homenagem seja digna do ex-craque, grande nome das Seleções Brasileiras que encantaram o mundo nas Copas do Mundo de 1982 e 1986, centenas de voluntários trabalham sem parar na Cidade do Samba, a poucos dias do início do carnaval.

Os luxuosos carros alegóricos retratarão a vida do ‘Galinho de Quintino’, e contarão sua história, de grande ídolo do Flamengo – onde se tornou um mito no esporte – até a passagem como jogador e treinador no Japão, onde é admirado até hoje pelo legado que deixou. “Um desfile de uma escola de samba é uma das maiores homenagens que se pode receber. Para um brasileiro, é como uma Copa do Mundo”, comenta Zico, de 60 anos.

Cahê Rodrigues, carnavalesco da Imperatriz Leopoldinense, espera conquistar o carnaval do Rio com a nota 10, número que estampou as costas do Zico por toda a carreira nos gramados. “O carnaval, o samba, esta felicidade são vibrantes como o futebol. São dois espetáculos, dois eventos grandiosos que quando unidos, só podem ser um sucesso”, revelou. Zico completa 61 anos justamente na noite do desfile, no dia 3 de março.

Compartilhar: